Carros da Tesla recebem funções de segurança que funcionam com o Autopilot desligado
Créditos: Tesla

Carros da Tesla recebem funções de segurança que funcionam com o Autopilot desligado

A empresa está trabalhando para aprimorar ainda mais a segurança de seus carros

A Tesla é uma das empresas que mais investe em segurança para seus carros por meio de software, e um novo update chegou aos veículos da companhia. A nova atualização, que chegou ao Model 3 primeiro, traz algumas funções que visam deixar o automóvel na faixa correta para evitar acidentes.

De acordo com a Tesla, as novas funções focadas na segurança se chamam Lane Departure Avoidance e Emergency Lane Departure Avoidance, e ambas funcionam sem o software de direção automática Autopilot estar ligado. Basta que o usuário baixe e ative as ferramentas para que o carro fique mais seguro.

A Lane Departure Avoidance avisa quando o motorista está saindo de sua faixa no trânsito sem dar sinal de luz, e quando o veículo não recebe respostas, um sinal luminoso é acionado e, caso não haja interferência, o mecanismo diminui a velocidade do veículo automaticamente em 24 km/h a menos do que a velocidade atual do veículo. 

Imagem: Tesla

Já o recurso Emergency Lane Departure Avoidance coloca o carro automaticamente dentro da faixa caso existam sinais de que uma colisão pode acontecer. Diferente da outra funcionalidade, esta ferramenta sempre é ligada automaticamente junto com o veículo, mas pode ser desativada pelo usuário quando o automóvel estiver em funcionamento.

Segundo ressalta o The Verge, sistemas que deixam o carro rodando dentro da faixa não são novidade e já estão presentes em caminhões desde o começo dos anos 2000. A principal novidade aqui abrange os carros da Tesla, já que a funcionalidade estará disponível sem a necessidade do software Autopilot. 

25/04/2019 às 14:41
Artigo

Além da Tesla: Conheça as outras empresas de Elon Musk

Bilionário excêntrico diz passar 90% de seu tempo trabalhando na SpaceX e Tesla

A atualização já pode ser baixada via over-the-air por usuários do veículo Tesla Model 3, e todos os veículos da marca fabricados após outubro de 2016, que rodam o Autopilot 2.0, vão receber a funcionalidade futuramente.

A Tesla está dando cada vez mais atenção para o seu software de direção autônoma, que se tornou padrão nos veículos da empresa em abril e, nos próximos anos, vai rodar em um chip feito integralmente pela empresa. Os carros atuais da companhia utilizam uma central de processamento da Nvidia, que também garante suporte para funções autônomas avançadas, garante a fabricante.

Via: The Verge
User img

Mateus Mognon

Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Vídeo mostra carro da Tesla detectando sinal vermelho e parando sozinho

Vídeo mostra carro da Tesla detectando sinal vermelho e parando sozinho

Função Autopilot dos carros dá mais um passo na direção certa


Empresa chinesa de automóveis usa drones para entregar chaves de carros

Empresa chinesa de automóveis usa drones para entregar chaves de carros

Carros são pulverizados com desinfetantes antes de serem entregues aos clientes


Ops, usar Apple CarPlay e Android Auto é pior do que dirigir e escrever mensagem

Ops, usar Apple CarPlay e Android Auto é pior do que dirigir e escrever mensagem

Sistemas do tipo também seriam piores do que dirigir sob efeito de maconha


SUV Elétrico Tesla Model Y chega ao Brasil em abril por R$450 mil

SUV Elétrico Tesla Model Y chega ao Brasil em abril por R$450 mil

O carro 100% elétrico atinge de 0 a 100km/h em 3,7 segundos


Serviço de internet global Starlink tem latência inferior a 20ms e será rápido o bastante para jogos

Serviço de internet global Starlink tem latência inferior a 20ms e será rápido o bastante para jogos

É o que diz Elon Musk, CEO da Tesla e da SpaceX