Apple irá pagar entre US$4,5 bilhões e US$4,7 bilhões em acordo com a Qualcomm

Apple irá pagar entre US$4,5 bilhões e US$4,7 bilhões em acordo com a Qualcomm

O valor que estava sendo cobrado pela Qualcomm na justiça era de US$7 bilhões

16/04/2019 às 23:19
Notícia

Apple e Qualcomm fecham acordo e colocam fim em guerra judicial

O embate de dois anos terminou, e possivelmente todo mundo vai sair ganhando

A Qualcomm divulgou um relatório informando seus ganhos para o segundo trimestre fiscal de 2019, entre as informações presentes no documento está o valor que vai ser pago pela Apple no processo de indenização que as empresas acordaram recentemente. O valor divulgado vai ser entre US$4,5 bilhões e US$4,7 bilhões em taxas de licenciamento.

A Qualcomm alegava que o valor que deveria ser repassado para a empresa seria de aproximadamente US$7 bilhões, analistas calculavam que o acordo tinha sido fechado em US$6 bilhões. O cálculo levava em consideração os anos que ambas as empresas passaram em luta judicial, o que significa que era o tempo que a Apple bloqueou o lucro que deveria ser passado para a empresa de processadores.

Apesar de que Luca Maestri, diretor financeiro da Apple, dizer que os termos do acordo exigiam que as empresas mantivessem os detalhes financeiros, a Qualcomm aparentemente ignorou essa informação, já que detalhou alguns valores em seu relatório.

“Também estamos satisfeitos por termos alcançado acordos de vários anos com a Apple e esperamos continuar a apoiá-los como cliente. Estamos executando bem em nossas prioridades estratégicas como 5G lançamentos comerciais começam em todo o mundo. Nossa tecnologia 5G e liderança de produto, bem como nossa expansão em novas indústrias e categorias de produtos, cria uma base sólida para a receita a longo prazo e crescimento dos lucros.” - Steve Mollenkopf, CEO da Qualcomm Incorporated

O acordo com a Apple libera a Qualcomm de reembolsar a Apple ou seus fornecedores, o relatório também informa que o pagamento da indenização acordado não reflete os royalties futuros da Apple. As ações da fabricante de SoCs subiram consideravelmente após o acordo feito com a Apple, o que demonstra que os lucros obtidos são ainda maiores do que a indenização acordada.

17/04/2019 às 09:07
Notícia

Intel decide sair do mercado de modems 5G para smartphones e ...

O anúncio foi feito logo após a Qualcomm e a Apple firmar acordo judicial

Agora a Qualcomm também está se consolidando como líder do mercado 5G, já que uma de suas maiores concorrentes, a Intel, (que estava fornecendo seus chips para a Apple durante o tempo do processo), desistiu de investir em pesquisas 5G para o mercado mobile e anunciou que irá focar na tecnologia para infraestrutura. O motivo da desistência foi de fato o acordo feito entre a Qualcomm e a Apple.

Para conferir o relatório completo da Qualcomm você pode clicar aqui.

Via: TechPowerUp, 9To5mac Fonte: Qualcomm
User img

Ana Luiza Pedroso

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Roh Tae-moon é o novo chefe da divisão de smartphones da Samsung

Roh Tae-moon é o novo chefe da divisão de smartphones da Samsung

Com 52 anos, ele é o presidente mais jovem que a empresa já teve


Huawei: celulares 5G abaixo de 150 dólares chegam no final de 2020

Huawei: celulares 5G abaixo de 150 dólares chegam no final de 2020

Os aparelhos da empresa nesta faixa de preço poderão vir com o sistema Harmony OS


Primeiro comercial do Microsoft Teams coloca pressão no Slack

Primeiro comercial do Microsoft Teams coloca pressão no Slack

Propaganda para TV irá ser veiculada durante os playoffs da NFL


Asphalt 9 finalmente chega ao Mac usando nova tecnologia Catalyst

Asphalt 9 finalmente chega ao Mac usando nova tecnologia Catalyst

Popular jogo de corrida da Gameloft para mobile acabou atrasando, mas já pode ser baixado


Samsung Galaxy S20 5G

Samsung Galaxy S20 5G

Confira a ficha técnica