Apple irá pagar entre US$4,5 bilhões e US$4,7 bilhões em acordo com a Qualcomm

Apple irá pagar entre US$4,5 bilhões e US$4,7 bilhões em acordo com a Qualcomm

O valor que estava sendo cobrado pela Qualcomm na justiça era de US$7 bilhões

16/04/2019 às 23:19
Notícia

Apple e Qualcomm fecham acordo e colocam fim em guerra judicial

O embate de dois anos terminou, e possivelmente todo mundo vai sair ganhando

A Qualcomm divulgou um relatório informando seus ganhos para o segundo trimestre fiscal de 2019, entre as informações presentes no documento está o valor que vai ser pago pela Apple no processo de indenização que as empresas acordaram recentemente. O valor divulgado vai ser entre US$4,5 bilhões e US$4,7 bilhões em taxas de licenciamento.

A Qualcomm alegava que o valor que deveria ser repassado para a empresa seria de aproximadamente US$7 bilhões, analistas calculavam que o acordo tinha sido fechado em US$6 bilhões. O cálculo levava em consideração os anos que ambas as empresas passaram em luta judicial, o que significa que era o tempo que a Apple bloqueou o lucro que deveria ser passado para a empresa de processadores.

Apesar de que Luca Maestri, diretor financeiro da Apple, dizer que os termos do acordo exigiam que as empresas mantivessem os detalhes financeiros, a Qualcomm aparentemente ignorou essa informação, já que detalhou alguns valores em seu relatório.

O acordo com a Apple libera a Qualcomm de reembolsar a Apple ou seus fornecedores, o relatório também informa que o pagamento da indenização acordado não reflete os royalties futuros da Apple. As ações da fabricante de SoCs subiram consideravelmente após o acordo feito com a Apple, o que demonstra que os lucros obtidos são ainda maiores do que a indenização acordada.

17/04/2019 às 09:07
Notícia

Intel decide sair do mercado de modems 5G para smartphones e ...

O anúncio foi feito logo após a Qualcomm e a Apple firmar acordo judicial

Agora a Qualcomm também está se consolidando como líder do mercado 5G, já que uma de suas maiores concorrentes, a Intel, (que estava fornecendo seus chips para a Apple durante o tempo do processo), desistiu de investir em pesquisas 5G para o mercado mobile e anunciou que irá focar na tecnologia para infraestrutura. O motivo da desistência foi de fato o acordo feito entre a Qualcomm e a Apple.

Para conferir o relatório completo da Qualcomm você pode clicar aqui.

Via: TechPowerUp, 9To5mac Fonte: Qualcomm
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

TUTORIAL: Como escolher um celular? Entenda melhor as características do seu smartphone!

TUTORIAL: Como escolher um celular? Entenda melhor as características do seu smartphone!

Ajudamos a galera a entender melhor o que significa cada característica do celular


Rumores sobre o iPhone 9 revelam nome oficial, data de lançamento e mais - pode aparecer hoje!

Rumores sobre o iPhone 9 revelam nome oficial, data de lançamento e mais - pode aparecer hoje!

O novo aparelho da Apple seria uma versão atualizada do iPhone 8


Apple quer usar frequência de 6GHz em dispositivos e a FCC está analisando

Apple quer usar frequência de 6GHz em dispositivos e a FCC está analisando

Votação do plano para liberação da frequência de 6GHz para uso geral foi agendada para 23 de abril


OnePlus 8 Pro não passará de US$ 1.000 e terá Snapdragon 865 e RAM LPDDR5

OnePlus 8 Pro não passará de US$ 1.000 e terá Snapdragon 865 e RAM LPDDR5

Nem mesmo a alternativa mais cara do topo de linha chegará ao valor, mesmo com UFS 3.0


Cardiogram para o Apple Watch agora consegue detectar se o seu corpo enfrenta um vírus

Cardiogram para o Apple Watch agora consegue detectar se o seu corpo enfrenta um vírus

Update no aplicativo detecta batidas aceleradas do coração durante o sono