Primeira experiência de transporte de órgãos feita por drone é bem sucedida
Créditos: Inside Edition

Primeira experiência de transporte de órgãos feita por drone é bem sucedida

O rim doado foi transplantado com sucesso na paciente de 44 anos em Maryland Medical Center

Aconteceu o primeiro transporte de um órgão humano por um drone nos EUA. O trajeto percorrido para a entrega foi de aproximadamente 4,5km e ocorreu sem falhas, com um tempo de menos de 10 minutos. Os responsáveis pelo acompanhamento do transporte fazem parte da Universidade de Maryland Medical Center, especialista em inovações na medicina. O vídeo abaixo mostra como ocorreu o transporte do rim:

Tudo ocorreu conforme o planejado pela equipe e o rim foi transplantado na paciente de 44 anos sem problemas. O que se espera é que esse método de transporte seja usado como uma alternativa pelos demais hospitais, já que ele é mais barato, mais rápido e se forem tomadas todas as precauções, ele também é um método seguro. A paciente afirmou durante a entrevista que achava o procedimento "incrível" e também disse que "anos atrás, isso não era algo em que você pensaria."

09/04/2019 às 11:40
Notícia

Drones da Wing, empresa comprada pelo Google, começam entrega...

O regulador australiano disse que o lançamento é “muito provavelmente” o primeiro do mundo

A equipe que trabalhou para o desenvolvimento do sistema de aviação não tripulada não foi composta apenas por médicos, mas também por pesquisadores e especialistas em aviação e engenharia da Universidade de Maryland School of Medicine. Antes do voo com o rim transplantado foram feitos viagens testes, para ver se o sistema era funcional e não iria prejudicar o órgão. Nos testes eram transportados soro fisiológico, tubos de sangue e outros materiais médicos, por fim foi transportado um rim humano saudável, mas que não era viável para transplante.

Continua depois da publicidade

Uma série de novas tecnologias foram aplicadas durante o transporte para garantir que o rim não seria perdido. O drone era equipado com um aparelho de alta tecnologia especialmente projetado para manter e monitorar um órgão humano viável, um sistema de aeronave não tripulada customizado também estava integrando a aeronave. A equipe se planejou para imprevistos durante o voo, a aeronave foi equipada com hélices e motores reserva, baterias duplas, uma placa de distribuição de energia extra e um sistema de recuperação de paraquedas, caso todas as funções do drone falhassem isso iria garantir uma queda o mais estável e sem perdas possível.

Algo que os drones podem melhorar em muito se começarem a ser usados nesses procedimento é no tempo que eles levam para fazer o transporte. Em doação de órgãos os médicos estão em uma constante luta contra o relógio, e o transporte de um órgão de uma pessoa para outra é uma das partes mais delicadas do processo. Quanto mais rápido o órgão for transplantado, melhor ele funciona, portanto essa inovação na medicina pode salvar a vida de muitas pessoas.

Hoje os órgãos são entregues por vôos fretados ou comerciais, que são dificultados muitas vezes pelo tráfego aéreo movimentado, que causam atrasos o que pode fazer com que o transplante não ocorra. Segundo a Rede Unida para Compartilhamento de Órgãos, que administra o sistema de transplante de órgãos nos Estados Unidos, cerca de 1,5% das remessas de órgãos de doadores não chegaram ao destino pretendido e quase 4% tiveram um atrasos e imprevistos de duas horas ou mais.

Via: cnn
User img

Ana Luiza Pedroso

SanDisk começa a vender cartão de memória de 1 TB por US$ 450

SanDisk começa a vender cartão de memória de 1 TB por US$ 450

Com a cotação atual, o microSD sai pelo preço de um bom smartphone, uma GoPro ou até um console


Esperando o Smart Controller da DJI baixar de preço? Aumentou US$100

Esperando o Smart Controller da DJI baixar de preço? Aumentou US$100

Teoricamente com o tempo os preços caem, mas não se a empresa pode manter


DJI Spark 2 pode ser lançado em julho com câmera 4K 30fps e gimbal com três eixos [RUMOR]

DJI Spark 2 pode ser lançado em julho com câmera 4K 30fps e gimbal com três eixos [RUMOR]

A segunda geração do menor drone da DJI pode vir com maior tempo de voo e taxa de bits


GoPro começa bem 2019 e projeta primeiro lucro anual desde 2015

GoPro começa bem 2019 e projeta primeiro lucro anual desde 2015

Empresa apresentou grandes perdas por causa do drone Karma, mas agora voltou a focar em câmeras de ação


Resumo Conectado: Novos usos para drones e Android Q em fase de testes

Resumo Conectado: Novos usos para drones e Android Q em fase de testes

O Resumo dessa semana também fala das novidades do update de maio do Windows 10!