Apple estaria
Créditos: HuffPost

Apple estaria "sabotando" e removendo apps de controle parental e contra vício no iPhone

Medida está sendo tomada logo depois de empresa revelar ferramenta própria pra isso

Uma reportagem do renomado New York Times afirma que a Apple está tirando da sua loja aplicativos voltados para controle parental e combate ao vício na tela do iPhone. Apps que não estão sendo retirados estão tendo alguns de seus recursos cortados, diminuindo sua usabilidade. Segundo a pesquisa do site, feita em parceria com a Sensor Tower, dos 17 aplicativos desse estilo mais baixados na App Store, ao menos 11 foram removidos.

Desenvolvedores desses apps estão reclamando principalmente da medida chegando sem aviso e sem explicação. Alguns dos criadores chegaram a fechar seu negócio, enquanto outros afirmam que seu futuro está incerto. "Eles nos tiraram do nada, sem nenhum aviso" - afirmou Amir Moussavian, líder da equipe do OurPact, o aplicativo de controle de pais que era o mais popular no iPhone. 

27/04/2019 às 12:53
Notícia

Novas renderizações mostram câmeras traseiras do iPhone XI em...

Smartphones deverão ter maior espessura para abrigar bateria de maior capacidade

A atitude da Apple está sendo muito criticada principalmente porque ela vem pouco tempo depois da empresa anunciar oficialmente a chegada de uma nova ferramenta própria justamente para este fim, de controle de pais e gerenciamento do tempo de tela para evitar vícios. Desenvolvedores acusam a companhia de estar usando seu imenso tamanho para esmagar possíveis competidores menores. A Apple, é claro, afirma que não é o caso: Uma porta-voz da empresa afirmou o seguinte:

"Nós tratamos todos os apps do mesmo jeito, incluindo aqueles que competem com nossos serviços próprios. Nosso incentivo é ter um ecossistema vibrante que oferece aos consumidores acessos a tantos apps de qualidade quanto possível."

A Apple afirma que removeu os apps porque eles estavam acessando muitas informações dos usuários e o "timing" da medida é apenas coincidência.

Desenvolvedores já estão registrando reclamações em comissões do comércio ao redor do mundo, inclusive acusações de violação de leis antitruste.

Além da questão mercadológica, críticas da atitude da Apple também duvidam da usabilidade da ferramenta da empresa, se ela se tornar a única opção no iPhone.

"Os incentivos realmente não são feitos para ajudar as pessoas a resolverem seus problemas. Você pode realmente confiar que a Apple quer que as pessoas passem menos tempo com seus celulares?"
Fred Stutzman, chefe do Freedom, app de controle de tempo de tela para o iPhone

 

Fonte: New York Times
User img

João Gabriel Nogueira

Realme 5s será lançado na semana que vem com quatro câmeras, a principal com 48MP

Realme 5s será lançado na semana que vem com quatro câmeras, a principal com 48MP

Smartphone chega dia 20 de novembro ao lado do Realm X2 Pro


Pixel 3 estão desligando sozinhos sem motivo aparente como o Nexus 6P

Pixel 3 estão desligando sozinhos sem motivo aparente como o Nexus 6P

Até o momento, ninguém sabe a explicação para o acontecimento


Novo Macbook Pro 16

Novo Macbook Pro 16" chegará ao Brasil com preços entre R$ 21.299 e R$ 50.999

Modelo mais barato tem Intel Core i5, SSD de 128GB, Touch Bar e Touch ID


Novo MacBook Pro com 16 polegadas tem opções com até 64GB de RAM e SSD com 8TB

Novo MacBook Pro com 16 polegadas tem opções com até 64GB de RAM e SSD com 8TB

Novo portátil já aparece listado no Brasil com preços a partir de R$ 21.299


Relatório fiscal do terceiro trimestre da HTC continua registrando perdas

Relatório fiscal do terceiro trimestre da HTC continua registrando perdas

Apesar das quedas nas receitas, o trimestre tem sétimo crescimento consecutivo na margem bruta