Nova atualização do Windows 10 causa problemas de incompatibilidade
Créditos: Microsoft

Nova atualização do Windows 10 causa problemas de incompatibilidade

Microsoft já está trabalhando em melhorias, mas grandes novidades só chegam em maio

A Microsoft liberou uma nova atualização para o Windows 10, mas alguns usuários estão enfrentando graves problemas ao fazer o update. Segundo informa a Forbes, o pacote cumulativo KB4493509, que começou a ser enviado no dia 9 de abril, pode fazer alguns computadores travarem durante o uso ou causar erros durante a reinicialização do sistema operacional.

Na página da atualização em seu site, a Microsoft mostra que está ciente dos problemas no novo update e já está trabalhando para resolvê-los. Uma das falhas mais graves está relacionada à funcionalidade de armazenamento Cluster Shared Volumes (CSV), que deve ser corrigida em breve. 

07/04/2019 às 12:49
Notícia

Microsoft deixará de forçar usuários do Windows 10 a instalar...

Empresa prometeu melhorar experiência de atualizações do sistema com base em feedback dos usuários

A desenvolvedora do Windows 10 também encontrou problemas de compatibilidade com o antivírus ArcaBit no novo update, mas os usuários do programa já não precisam mais se preocupar. Segundo a Microsoft, a criadora do software de segurança já lançou uma correção para os erros de funcionamento.

De acordo com relatos do TechPowerUp retirados de fóruns do sistema operacional, outros programas de segurança também estão enfrentando incompatibilidades com a nova atualização, incluindo softwares mais populares, como Avast e Avira,  o que tem causado lentidão e, em casos mais extremos, reinicializações indesejadas com travamentos.

A Microsoft ainda não deu uma data para a chegada das correções no Windows 10, mas, ao que tudo indica, muitas melhorias devem chegar ao sistema operacional no mês que vem, com a grande atualização de maio. 


Menu Iniciar vai receber melhorias em maio. Imagem: Microsoft/Express

Além de prometer mais estabilidade para o OS, a companhia pretende aprimorar a performance do sistema e dobrar o número de aplicativos pré-instalados que podem ser removidos do Windows 10, segundo o Express. Outra grande novidade está ligada ao Menu Iniciar, que receberá um design mais simplificado que promete otimizar a usabilidade e desempenho da função.

Por fim, a Microsoft também deve liberar no próximo update uma funcionalidade que permite bloquear a instalação automática e dar mais liberdade aos usuários na hora de lidar com updates do sistema. Com o recurso, será possível esperar mais de um mês antes de instalar novidades no Windows 10, o que pode abrir brechas para problemas de segurança, mas garante que muitos bugs de atualização não chegarão ao computador.

Via: Forbes, TechPowerUp
User img

Mateus Mognon

Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Análise do Samsung GALAXY S21 ULTRA: tela INCRÍVEL e câmeras para TODAS AS SITUAÇÕES

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.