Com impressora 3D, cientistas imprimem o primeiro coração a partir de células de um paciente

Com impressora 3D, cientistas imprimem o primeiro coração a partir de células de um paciente

O órgão impresso é do tamanho de uma cereja e foi uma experiência científica

Cientistas israelenses conseguiram imprimir o que alegam ser o primeiro coração com vasos sanguíneos, ventrículos e repleto de células. A pesquisa é dirigida por Tal Dvir na Universidade de Tel Aviv e recentemente publicaram suas conclusões com o feito na revista científica Advanced Science.

Segundo conta o The Jerusalem Post, doenças do coração são as principais causas de mortes entre homens e mulheres nos Estados Unidos. Em Israel os problemas cardíacos só perdem para o câncer. O transplante de coração é muitas vezes a única alternativa para pacientes em estágios finais de falhas no coração e tem sido muito muito utilizada, mas infelizmente há uma lista de espera muito grande, muitos dos pacientes acabam morrendo esperando pelo transplante.

“Este coração é feito de células humanas e materiais biológicos específicos do paciente. Em nosso processo, esses materiais servem como bio-tintas, substâncias feitas de açúcares e proteínas que podem ser usadas para impressão 3D de modelos complexos de tecidos ”
Tal Dvir, professor e cientista líder na pesquisa

Outros cientistas já conseguiram imprimir um coração em tecidos semelhantes, mas esse é o primeiro feito a partir de nossas células e é o mais semelhante até agora. Esse método permite que o órgão seja impresso utilizando as células do próprio paciente. Apesar de o teste ter sido feito em um tamanho reduzido, os cientistas por trás desse experimento garantem que é possível imprimir um do tamanho de um ser humano adulto.

Apesar disso, os cientistas acreditam que ainda há um longo caminho pela frente até conseguirem utilizar um coração impresso em um transplante. Segundo eles, é preciso ensinar esse coração a se comportar como o de um humano. Quando se sentirem confiantes, os primeiros transplantes devem acontecer com animais e em seguida em sere humanos. Eles esperam que daqui a 10 anos isso seja comum nos hospitais ao redor do mundo.

Mas a impressão 3D não está apenas na ciência, essa é uma tendência que está se espalhando para diferentes áreas, pela arquitetura e até mesmo na engenharia já utilizam o método.

Nesse vídeo comento algumas dessas aplicações e também compartilho a minha experiência.

Fonte: JPost
Nasa homenageia os Rolling Stones com uma rocha em Marte!

Nasa homenageia os Rolling Stones com uma rocha em Marte!

Robert Downey Jr. foi quem subiu ao palco do Rose Bowl para fazer o anúncio


Samsung lança Style S51, notebook flexível com tela sensível ao toque

Samsung lança Style S51, notebook flexível com tela sensível ao toque

O dispositivo promete atender com alto desempenho quem executa trabalhos criativos


Pesquisadores criam pele artificial camaleônica com nanotecnologia

Pesquisadores criam pele artificial camaleônica com nanotecnologia

Partículas reagem quando expostas à luz ou ao calor


Nave espacial indiana registra bela foto da lua durante missão

Nave espacial indiana registra bela foto da lua durante missão

Espaçonave já entrou na órbita do satélite e deve entregar robôs no polo sul do corpo celeste em setembro


Brasileiro lidera equipe vencedora em concurso de Elon Musk e bate recorde

Brasileiro lidera equipe vencedora em concurso de Elon Musk e bate recorde

Rafael Andrade e seu time foram capazes de fazer um veículo se locomover a 483 km/h simulando o hyperloop