Tinder ultrapassa Netflix e se torna app mais rentável no 1º trimestre de 2019
Créditos: Tech Crunch

Tinder ultrapassa Netflix e se torna app mais rentável no 1º trimestre de 2019

Estatística foi levantada pela firma especializada Sensor Tower e não inclui lucros de games

O aplicativo de encontros românticos online, Tinder, ultrapassou a Netflix como o programa para dispositivos móveis que mais lucrou no primeiro trimestre de 2019. Essa foi a priemira vez em anos que o serviço de streaming não está no topo da lista da firma especializada Sensor Tower, que não inclui o lucro de games em suas contas.

08/08/2018 às 17:24
Notícia

Tinder deve render US$ 800 milhões este ano, o dobro do valor...

App de paquera já está quase alcançando o Snapchat

A estimativa é de que o Tinder teve um aumento de 42% nas receitas no primeiro trimestre de 2019, em comparação com o mesmo período do ano anterior. Neste ano, os ganhos foram de US$ 260,7 milhões (R$ 1 bilhão), contra US$ 183 milhões (R$ 710 milhões) em 2018.

De acordo com o site Tech Crunch, a queda da Netflix não chega a ser surpreendente, já que a empresa deixou de oferecer a opção de assinatura diretamente através do seu aplicativo para o iOS. O motivo para isso foi evitar a taxa de 30% que a Apple cobra sobre o valor de serviços vendidos através da App Store. Com essa decisão, usuários tanto de iPhones quanto de Androids precisam assinar a Netflix diretamente do site oficial antes de assistir séries e filmes no seu dispositivo.

Continua depois da publicidade

Ainda segundo a notícia, a Apple teve centenas de milhões de dólares de prejuízo por ano desde que a companhia de streaming parou de vender assinaturas através do aplicativo para iOS. A pesquisa da Sensor Tower para 2018 apontou que a Netflix teria ganhado US$ 853 milhões (R$ 3.3 bilhões) através da App Store, o que resultaria em cerca de US$ 256 milhões (R$ 994 milhões, ou 30%) de receitas para a Apple. Apesar disso, é importante notar que a fabricante norte-americana passa a cobrar 15% de taxa para usuários que passam de 1 ano de assinatura de algum serviço específico.

A grande maioria dos aplicativos presentes na lista são de streaming, seja de música ou de vídeo. Isso inclui Tencent Video (3º lugar), iQIYI (4º lugar), YouTube (5º lugar), Pandora (6º lugar), Kwai (7º lugar) e Youku (10º lugar). As exceções são o aplicativo de chat Line e o leitor de mangás Line Manga.

Via: Tech Crunch
Vice-presidente da Huawei afirma que HongMeng OS não foi criado para celulares

Vice-presidente da Huawei afirma que HongMeng OS não foi criado para celulares

Sistema foi originalmente pensado para uso empresarial e Internet das Coisas


Netflix confirma opção de plano mais barata que será exclusiva para dispositivos mobile

Netflix confirma opção de plano mais barata que será exclusiva para dispositivos mobile

Plano vai estar disponível em apenas um dispositivo e terá taxas de vídeo de até 480p


Black Shark 2 Pro chega no dia 30 de julho - provavelmente com Snapdragon 855+

Black Shark 2 Pro chega no dia 30 de julho - provavelmente com Snapdragon 855+

Xiaomi revelou a data de lançamento sem detalhes, mas vazamento veio em seguida


Huawei Mate X aparece em registro na China e pode ser lançado em breve

Huawei Mate X aparece em registro na China e pode ser lançado em breve

Expectativa é que aparelho chegue até setembro


Razer Phone finalmente ganhará sua atualização para Android Pie em breve

Razer Phone finalmente ganhará sua atualização para Android Pie em breve

Após um ano sem atualizações da Razer, finalmente a empresa promete trazer a versão 9.0 do Android para o primeiro modelo