Audi e Qualcomm promovem primeiro teste de carros inteligentes entre fronteiras
Créditos: Qualcomm

Audi e Qualcomm promovem primeiro teste de carros inteligentes entre fronteiras

Junto de Ericsson e Swarco, companhias testaram novo padrão europeu entre Alemanha, França e Luxembugo

Empresas como Audi e Qualcomm anunciaram a realização primeiro teste multi-lateral e entre fronteiras da tecnologia C-V2X de comunicação entre veículos com outros carros e com a infraestrutura das cidades. As empresas participaram de um teste digital que foi realizado na cidade de Schengen, em Luxemburgo, que faz divisa com a Alemanha e a França.

05/04/2019 às 14:17
Notícia

UE acusa BMW, Daimler e VW de conluio em tecnologia de limita...

Se forem culpadas, a Comissão Europeia pode multar cada empresa em até 10% da sua receita anual

A ideia foi demonstrar como a tecnologia poderia se manter confiável e apresentar desempenho adequado através do continente europeu, mesmo em diferentes países. Para isso, eles pegaram um carro da Audi e o digiram através de ruas equipadas com a infraestrutura viária inteligente da Swarco. O percurso do veículo contemplou cidades de Luxemburgo, da Alemanha e da França.

Site oficial: Qualcomm C-V2X

"Digitalização e colaboração através da indústria sempre foram chaves na formação dos veículos autônomos e conectados de amanhã. Como nós vimos através das últimas demonstrações do consórcio ConVeX, a evolução da tecnologia de comunicação nos veículos está acontecendo num ritmo rápido, e conforme a tecnologia de continua a evoluir em direção ao 5G, podemos esperar ver grandes avanços acerca de soluções focadas nas funcionalidades de segurança, conforto e entretenimento".
- Jens Kötz, chefe de elétrica, redes eletrônicas e sistemas de energia da Audi

Quais são os 5 níveis de carros autônomos e o que significam

Na apresentação, o carro estavam equipado com a plataforma Qualcomm 9150 C-V2X, que é capaz de operar comunicações em a necessidade de um cartão SIM (via PC5). Isso permite que as empresas lidem com dificuldades de roaming entre países e de assinaturas de internet móvel. No momento, essa tecnologia sem internet 4G pode ser usada para avisos de obras na via, informações do próprio veículo do usuário e alertas de carros lentos ou parados na pista.

"A demonstração de hoje exibiu a importância de soluções de conectividade global com soluções escaláveis, flexíveis e seguras à prova de futuro. Nós estamos felizes em tomar o próximo passo com o ConVeX, ainda mais com o suporte dos governos da França, de Luxemburgo e da Alemanha. Nós estamos esperançosos de que os fabricantes e operadores de frotas através do mundo irão ver essa demonstração e entender que, com os parceiros certos, alcançar o potencial máximo de veículos conectados é possível, no final das contas".
- Jan-Peter Meyer-Kahlen, chefe do ICT Development Centers Eurolab Aachen da Ericsson

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Qualcomm anuncia Snapdragon 720G, Snapdragon 662 e Snapdragon 460 para celulares 4G

Qualcomm anuncia Snapdragon 720G, Snapdragon 662 e Snapdragon 460 para celulares 4G

Dispositivos equipados com estes modelos chegarão ao mercado ainda em 2020


Garmin lança Tactix Delta, smartwatch feito seguindo padrões militares

Garmin lança Tactix Delta, smartwatch feito seguindo padrões militares

Relógio inteligente também traz diversas funcionalidades táticas


Microsoft está tentando resolver problema de alto consumo de RAM e bateria do Chrome

Microsoft está tentando resolver problema de alto consumo de RAM e bateria do Chrome

A preocupação da companhia pode ter bastante relação com o seu próprio navegador Edge


Drones ajudam a identificar resíduos plásticos em oceanos com IA

Drones ajudam a identificar resíduos plásticos em oceanos com IA

Organização The Plastic Tide utiliza tecnologia presente no Phantom 4 da DJI para detectar e classificar tipos de lixo


Baterias de grafeno estão prontas e podem ser utilizadas em celulares em 2020

Baterias de grafeno estão prontas e podem ser utilizadas em celulares em 2020

Empresa desenvolve opção viável que pode carregar 100% da bateria em 20 minutos