Drones da Wing, empresa comprada pelo Google, começam entregas públicas na Austrália
Créditos: Google X/Pngimg

Drones da Wing, empresa comprada pelo Google, começam entregas públicas na Austrália

O regulador australiano disse que o lançamento é “muito provavelmente” o primeiro do mundo

A Wing, empresa de distribuição de drones que foi comprada pela empresa-mãe do Google, a Alphabet, está lançando seu primeiro serviço público de entrega de drones em Canberra, na Austrália, depois das autoridade de aviação do país concederem a aprovação regulamentar. O serviço funciona em parceria com empresas locais, incluindo lanchonetes e farmácias, para entregar seus produtos “em minutos”. 

A aprovação regulamentar da Wing, no entanto, vem com restrições:

  • Os drones não poderão sobrevoar as estradas principais; 
  • Só poderão voar entre as 7:00 e as 20:00 de segunda a sexta-feira (ou entre as 8:00 e as 20:00 aos domingos); e
  • Estarão impedidos de voar muito perto das pessoas.

Os clientes em residências elegíveis também receberão instruções de segurança sobre como interagir com os drones.

A Wing se tornou uma empresa completa sob o guarda-chuva corporativo da Alphabet no ano passadodepois de ter sido classificada por um tempo como um projeto X moonshot. Em dezembro, ela anunciou que estava lançando um serviço de teste na Finlândia, onde ofereceria entregas de 10 minutos de graça dentro da capital do país. 

A Business Insider relatou que o regulador australiano, o CASA, disse que o lançamento é “muito provavelmente” o primeiro do mundo. Isso significa que a empresa de entrega de drones do Google "venceu" a Amazon para oferecer um serviço comercial ao público em geral, pois, apesar de várias entregas de ensaio no Reino Unido e nos EUA, o serviço da Amazon ainda não foi lançado comercialmente.

13/03/2019 às 09:55
Notícia

Drone Racing League terá suas corridas da próxima temporada e...

A nova temporada do campeonato mundial começa dia 11 de agosto

E não é apenas a Amazon que está concorrendo com a Wing para oferecer entregas de drones. A startup israelense Flytrex começou a testar seu próprio serviço de logística de drone na Islândia em 2017, e a Flirtey estava fazendo entregas comerciais de drones para a 7-Eleven nos EUA em 2016. Mais recentemente, a UPS se uniu à Matternet para experimentar o uso de drones para entregar suprimentos medicinais na Carolina do Norte.

Cerca de 100 residências nos subúrbios de Crace, Palmerston e Franklin terão o acesso inicial ao serviço da Wing, mas a empresa planeja expandi-lo para residências em Harrison e Gungahlin nos próximos meses .

Via: The Verge
YouTuber brasileiro vaza versão beta do Android 10 com a interface One UI 2.0 da Samsung

YouTuber brasileiro vaza versão beta do Android 10 com a interface One UI 2.0 da Samsung

A versão do sistema está mais rápida, com mudanças na barra de ferramentas e sistema de gestos


Nova função do Google Lens permite pesquisar fotos por textos presentes nas imagens

Nova função do Google Lens permite pesquisar fotos por textos presentes nas imagens

O aplicativo consegue encontrar textos, selecionar e copiar o que está escrito


A Rússia tem drones para guerra e faz suas primeiras demonstrações

A Rússia tem drones para guerra e faz suas primeiras demonstrações

Altius-U é sua aeronave mais recente e é uma versão modificada de modelos norte americanos


Youtube pode acabar com anúncios direcionados no seu conteúdo infantil em breve

Youtube pode acabar com anúncios direcionados no seu conteúdo infantil em breve

O impacto potencial da decisão pode chegar na casa dos US$50 milhões


Sistema de transporte Air Drones promete diminuir em até 25% emissões de CO2

Sistema de transporte Air Drones promete diminuir em até 25% emissões de CO2

Indra criou software de gestão de tráfego aéreo não tripulado em baixas altitudes