Drones tornam mais eficiente busca e resgate de desaparecidos, relatam bombeiros
Créditos: Fox News

Drones tornam mais eficiente busca e resgate de desaparecidos, relatam bombeiros

Relatos vindos dos EUA e notícias recentes confirmam a tendência

Nos últimos anos, o trabalho das agências de buscas e resgate tem sido facilitado e tornado mais eficiente pelo uso de drones, que têm ajudado a salvar vidas em locais onde existem trilhas sinuosas e terrenos acidentados. Um dos maiores exemplos disso talvez seja encontrado na metrópole de Mesa, localizada na zona leste de Phoenix – no estado do Arizona, nos Estados Unidos.

05/04/2019 às 11:23
Notícia

Este vídeo mostra como é incrível quando você sabe pilotar um...

Capturas com manobras em alta velocidade só são possíveis com experiência e muita habilidade de voo

O Corpo de Bombeiros e Departamento Médico de Mesa atende cerca de 5.000 acidentes todos os vezes, sendo que a maioria deles requer missões de busca e resgates em locais de difícil acesso. Nos últimos 4 anos, eles têm usado drones para auxiliá-los nesse tipo de tarefa.

Site oficial: DJI Mavic 2 Enterprise

"Em 2015, nosso departamento foi um dos primeiros a implementar efetivamente um programa com drones no Arizona. Drones simplificam nosso trabalho e isso é uma grande ajuda”
- Dean Morales, Capitão de Operações Especiais no Corpo de Bombeiros & Departamento Médico de Mesa

Para obter um melhor desempenho, eles firmaram uma parceria com a fabricante chinesa DJI para usar o Mavic 2 Enterprise. A aeronave pesa cerca de 905g e tem características que lhe permitem uma maior mobilidade, algo necessário para missões do tipo.

"O Mavic 2 Enterprise é a solução mais completa e prática em se tratando de resposta a emergências. Socorristas e prestadores de socorro são capazes de transportar o drone por conta própria em uma bolsa ou sacola, podendo usá-lo imediatamente após chegar no local, gastando menos tempo em missões críticas como análises de mecanismo de injúria (MOI) e planejamento de evacuação".
- Comunicado oficial da DJI

Continua após a publicidade

Hoje, 910 agências públicas dos Estados Unidos usam drones como parte do seu modo de operação. Esse número aumentou em 5 vezes entre 2013 e 2015, facilitando missões  de resgate noturnas e mais complicadas.

 

 

Esses relatos foram confirmados recentemente por duas notícias de salvamentos usando drones acontecidos na última semana. O primeiro deles foi hoje mesmo, dia 8 de abril, em Denver, no estado de Colorado nos EUA. Uma mulher caiu de um declive rochoso com cerca de 9 metros de altura.

Foram necessários 12 trabalhadores de resgate e 6 horas de trabalho para salvá-la. Eles usaram um drone para analisar a área e decidir que a maneira mais segura de resgatá-la seria usando um sistema de cordas com um bote inflável. De acordo com o site Drone DJ,  o gadget usado nessa missão foi o Mavic 2 Enterprise.

Já no último sábado, dia 6 de abril, uma mulher de 90 anos com demência foi resgatada em Greene County, Ohia, nos EUA – novamente com o auxílio de um drone. As buscas levaram 1 hora e tiveram o uso de um DJI Mavic 2 Enterprise Dual.

De acordo com a filha da mulher, Beverly Brown, provavelmente sua mãe não teria sido encontrada nem a ajuda da aeronave não tripulada. Já o detetive local Matt Miller disse que provavelmente a idosa teria passado a noite inteira sozinha na selva se não fosse pela ajuda do drone.

Via: Drone DJ 1, Drone DJ 2
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou parao PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O fim do CANAL do RATO BORRACHUDO e o Dilema das Redes Sociais

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.