Leitor de impressões digitais do Galaxy S10 é enganado com ajuda de uma impressora 3D
Créditos: WCCFTech

Leitor de impressões digitais do Galaxy S10 é enganado com ajuda de uma impressora 3D

Modelo foi criado usando apenas uma foto tirada da impressão numa taça de vinho

Um dos principais destaques do anúncio da linha Galaxy S10 foi seu novo sensor de digitais sob o display que usa tecnologia ultrassônica para oferecer ainda mais segurança que outras soluções semelhantes. Mas agora, um usuário do Imgur com o apelido de "darkshark" conseguiu burlar o sensor de digitais do Galaxy S10 usando apenas uma fotografia e uma impressora 3D.

É claro que darkshark não é um ladrão e ele fez o teste usando seu próprio aparelho, com suas próprias impressões. Mas, para simular um cenário que poderia acontecer num caso de furto ou algo parecido, ele fotografou sua impressão digital deixada numa taça de vinho. Depois, usando o auxílio do Photoshop e um programa chamado 3ds Max, ele criou um modelo 3D da fotografia tirada de sua impressão digital e, usando uma impressora 3D, imprimiu o resultado. A impressão levou 13 minutos.

 

I attempted to fool the new Samsung Galaxy S10's ultrasonic fingerprint scanner by using 3d printing. I succeeded.

 

Foram necessárias três tentativas diferentes para conseguir destravar o celular, sendo que numa delas ele até esqueceu de espelhar sua impressão digital. Mas, no fim, ele conseguiu destravar o smartphone e, agora que aprendeu o processo, darkshark afirma que conseguiria fazer isso com qualquer impressão digital em apenas três minutos. Claro, sem contar os 13 minutos que a impressora 3D precisa para criar a peça de plástico.

Esse teste foi criado para alertar dos riscos crescentes com a quantidade de dados que temos nos smartphones, ainda mais atualmente em que os aparelhos estão sendo cada vez mais usados como métodos de pagamento, autenticados pela impressão digital do usuário. É sempre bom lembrar que essa tecnologia não é tão segura quanto pode parecer.

Fonte: The Verge
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Testamos o ROG Phone 3!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.