Xiaomi oferece tour em uma das principais fábricas de produção do Mi 9 - Saiba como ele é feito!
Créditos: leak.pt

Xiaomi oferece tour em uma das principais fábricas de produção do Mi 9 - Saiba como ele é feito!

A visita levou repórteres para a linha de produção SMT, onde a placa-mãe do telefone é processada

06/04/2019 às 09:00
Notícia

Xiaomi Fan Festival tem Mi 9 de 128GB por US$499, Mi A2 por U...

Promoção do site chines Gearbest é por tempo limitado

A Xiaomi recentemente convidou alguns profissionais da mídia para uma visita à fábrica Langfang, da Foxconn, que é uma das três fábricas onde a principal série Mi 9 é produzida. De acordo com o PCpop, a tour levou os repórteres para a linha de produção SMT, onde a placa-mãe do telefone é processada.

A maioria das unidades do Mi 9 em circulação são produzidas na fábrica visitada, então essa tour foi uma demonstração clara do processo de produção dos aparelhos, que não é apenas complicada pelo material que usa, mas porque tem que passar por vários testes para garantir sua durabilidade.

O Processo

Na SMT, os componentes são soldados na placa principal do PCB. Este é um processo automatizado que é realizado por robôs. O chipset, resistores e capacitores do telefone são colocados na placa principal pelo robô de acordo com as coordenadas especificadas e, em seguida, passam pelo forno de refusão onde toda a placa-mãe é processada. Os trabalhadores estão lá principalmente para monitorar o processo e adicionar matéria-prima.

Este processo é muito rápido e preciso. Uma das linhas de produção pode produzir 8000 placas-mãe por dia e há 10 dessas linhas de produção na Langfang Foxconn.

A tour também levou os repórteres para a oficina de montagem onde a placa-mãe, tela, câmera, fone de ouvido, bateria, bobina de carregamento sem fio e outros componentes do Mi 9 são montados no quadro. O processo é constantemente monitorado, com cada unidade verificada para garantir que os componentes montados estejam funcionando.

Depois disso, o painel traseiro de vidro é montado. Ele também é precisamente posicionado por um robô de precisão e a tampa traseira é ajustada ao corpo. Em seguida, o nome do modelo é impresso no painel traseiro. Depois disso, a produção é concluída.

Após a produção completa, o telefone ainda não é enviado, pois ainda precisa passar por vários testes rigorosos de estresse.

Na oficina de teste de envelhecimento, o telefone celular montado simula o uso pesado do usuário e testa se há problemas de software e hardware no telefone celular.

Depois disso, o celular é processado pelo p2i para cobrir a superfície do aparelho com o nano revestimento P2i. Com esse revestimento, a superfície se torna hidrofóbica, e o líquido consegue ser impedido de entrar no celular , alcançando assim um nível de splash. Todo o processo p2i tem duração de 3 horas.

A última linha de produção é onde o Mi 9 é empacotado. Antes de embalar, outro teste é realizado em alguns dos recursos, como a tela e a câmera. Em seguida, a licença de rede é colocada na parte de trás da fuselagem, bem como um código de barras na parte de trás e uma película protetora na tela.

O telefone é então colocado dentro da caixa de embalagem junto com outros acessórios e, em seguida, enviado para uma instalação de armazenamento temporário.

De acordo com o oficial encarregado da fábrica, as vendas do Mi 9 estão tão rápidas que o telefone nem chega ao depósito antes de ser enviado para os vários canais de vendas.

 

02/04/2019 às 18:34
Notícia

Xiaomi está lutando pela marca Mi Store no Brasil

Sinais de que a empresa está voltando MESMO para cá?

O final da visita

Após a visita, Qiao Tonghu,  um dos gerentes de gerenciamento de entrega de telefonia móvel do departamento de gerenciamento de produção, que faz parte do departamento de telefonia móvel do Xiaomi Group ( um pouco complicado, não é?), e Xu Jieyun, gerente geral do departamento de relações públicas do Xiaomi Group, aceitaram perguntas da mídia.

A maioria das perguntas foram em relação à capacidade de produção do Mi 9. O funcionário responsável notou que a empresa encontrou pela primeira vez problemas nos estágios iniciais de produção em dois aspectos:

  • Primeiro, o fornecimento de módulos de câmera era relativamente pequeno, o que limita a capacidade de produção total.
  • Segundo, o aspecto da proficiência do trabalhador, mas que está melhorando constantemente.

As três fábricas onde a principal série Mi 9 é produzida são a Langfang da Foxconn, a fábrica de Yinghuada em Nanjing e a fábrica Xi'an da BYD.

28/05/2019 às 09:35
Artigo

Conheça a história da Xiaomi! De startup a gigante dos smartp...

A empresa quer se consolidar com dispositivos de internet das coisas e já anunciou sua vinda ao Brasil

Nos últimos tempos, o Mi 9 tem experimentado certa escassez em seus estoque, ocasionado por uma alta e crescente demanda e, como você sabe agora, um processo de produção pesado.

Aqui no Mundo Conectado, você pode conferir um artigo sobre como a Xiaomi virou a gigante dos smartphones baratos, e também um primeiro vídeo falando sobre o Mi 9, enquanto ele não chega para começar os testes aqui na redação:

Via: Gizmochina Fonte: PcPop
Redmi Note 8 Pro terá resfriamento líquido e câmera de 64MP

Redmi Note 8 Pro terá resfriamento líquido e câmera de 64MP

Aparelho também será o primeiro a trazer o sensor ISOCELL Bright GW1 da Samsung


Smartphones da série Xiaomi Redmi Note 8 vão trazer chipset Helio G90T

Smartphones da série Xiaomi Redmi Note 8 vão trazer chipset Helio G90T

Com CPU e GPU poderosas para games, chipset da MediaTek é mais barato que concorrentes


Redmi confirma chegada da linha Note 8 para o dia 29 de agosto

Redmi confirma chegada da linha Note 8 para o dia 29 de agosto

Possuindo quatro câmeras na parte traseira, sendo uma delas de 64MP, a nova linha da subsidiaria da Xiaomi contará com duas variantes


Huami pode apresentar Amazfit Sports Watch 3 em evento no dia 27 de agosto

Huami pode apresentar Amazfit Sports Watch 3 em evento no dia 27 de agosto

A submarca da Xiaomi lançou banner de divulgação de um evento na próxima terça-feira


Xiaomi Mi 9T Pro é lançado com Snapdragon 855 a partir de $399 euros

Xiaomi Mi 9T Pro é lançado com Snapdragon 855 a partir de $399 euros

O aparelho já pode ser encontrado na França, Alemanha, Espanha e Polônia