Xiaomi anuncia seu primeiro carro, o SUV Bestune T77, com foco no custo benefício

Xiaomi anuncia seu primeiro carro, o SUV Bestune T77, com foco no custo benefício

O carro vai ser desenvolvido em parceria com a empresa Bestune, que é dona do modelo atual

28/05/2019 às 09:35
Artigo

Conheça a história da Xiaomi! De startup a gigante dos smartp...

A empresa quer se consolidar com dispositivos de internet das coisas e já anunciou sua vinda ao Brasil

A Xiaomi, que já tem a fama de "vender de tudo", desde smartphones até purificadores de ar, entrou em mais um segmento de mercado: o setor automobilístico, anunciando o carro Bestune T77. Ele vai ser feito a partir de um carro que já está no mercado, da marca de automóveis chinesa Bestune e vai ser lançado com a submarca Redmi da empresa, o que nos indica que o carro vai ter foco no custo benefício.

O Bestune T77 é um SUV com potência máxima de 143 cavalos, ele tem motorização de 1,2 litros de gasolina. As dimensões são de 4525 x 1845 x 1615mm. O carro é comercializado atualmente por 11.900 euros, o que em conversão direta é cerca de R$51.500, é pouco provável que sofra aumento do preço. Ainda não se sabe o que exatamente a Xiaomi vai modificar no carro.

Apesar de alguns rumores falarem que a Xiaomi pode começar a competir com a Tesla no setor automobilístico, já que ambas as empresas investem em inovação tecnológica, neste momento não é algo concreto. Isso porque o principal diferencial da Tesla são seus carros elétricos, e o Bestune T77, até então, é um carro a gasolina, o que pode sim ser alterado no projeto que a Xiaomi vai implementar.

Continua depois da publicidade

A versão original do carro possui uma assistente pessoal holográfica, com traços de animes, é possível que a Xiaomi adapte para os seus sistemas. Já se sabe que interface MIUI e a Inteligência Artificial Xiao AI vão integrar funções no veículo.

Essa assistente holográfica foi o que mais chamou a atenção na demonstração do carro no evento Beijing Auto Show, que é um salão de automóveis que acontece na China desde 1990, e pode ter sido o que motivou a Xiaomi a desenvolver uma parceria com a empresa.

02/04/2019 às 18:34
Notícia

Xiaomi está lutando pela marca Mi Store no Brasil

Sinais de que a empresa está voltando MESMO para cá?

Continua depois da publicidade

Ainda se sabe pouco sobre como vai ser a política de distribuição do carro, mas é pouco provável que ele esteja disponível para mercados fora da China, pelo menos não nos próximos anos. Ainda não tem data correta de quando a Xiaomi irá lançar o carro oficialmente, mas isso não deve demorar muito tempo.

A Xiaomi anunciou recentemente que está voltando para o Brasil com a linha de produtos Mi, portanto o carro que vai ser lançado com a submarca Redmi não deve chegar ao Brasil tão cedo. Se você não conhece a Xiaomi, ou gostaria de saber algumas curiosidades sobre a empresa, você pode acessar este artigo com informações completas sobre a gigante chinesa.

Via: Gizmochina
User img

Ana Luiza Pedroso

Xiaomi pode abandonar marca Poco em favor da série Redmi K

Xiaomi pode abandonar marca Poco em favor da série Redmi K

Modelos competem pelo mesmo mercado e analistas preveem que Redmi vai ser favorecida


Xiaomi entra pela primeira vez na lista Global 500 da Fortune

Xiaomi entra pela primeira vez na lista Global 500 da Fortune

Ranking da revista classifica as 500 maiores empresas do mundo


Concurso de design para Mi Band 4 vai dar a nova smartband aos vencedores

Concurso de design para Mi Band 4 vai dar a nova smartband aos vencedores

Apenas 10% dos participantes serão selecionados para ganhar o gadget


Smartphones devem ter câmera de 108 MP e zoom óptico de 10x em 2020

Smartphones devem ter câmera de 108 MP e zoom óptico de 10x em 2020

A previsão vem do "Ice Universe", um dos responsáveis pela maioria dos vazamentos de aparelhos high-end


Black Shark 2 Pro chega no dia 30 de julho - provavelmente com Snapdragon 855+

Black Shark 2 Pro chega no dia 30 de julho - provavelmente com Snapdragon 855+

Xiaomi revelou a data de lançamento sem detalhes, mas vazamento veio em seguida