Este carro autônomo dirige utilizando GPS, câmera e poucos dados; assista ao vídeo
Créditos: Wayne/Divulgação

Este carro autônomo dirige utilizando GPS, câmera e poucos dados; assista ao vídeo

A empresa dona do veículo quer fazer com que os carros enxerguem o trânsito como nós

Não é de hoje que discutimos sobre a tecnologia de carros que conseguem dirigir sozinhos, essa é uma tendência que estamos acompanhando o crescimento há anos e que deve se concretizar um dia. Como essa é uma tendência tecnológica, diversas empresas se esforçam para conseguir chegar na frente.

25/03/2018 às 18:25
Notícia

Baidu ganha permissão para testar carros autônomos nas ruas d...

Empresa é conhecida como a "Google da China"

Nessa semana nós vimos a Apple contratando um importante engenheiro da Tesla Motors para trabalhar na sua divisão de veículos autônomos. Sim, a Apple tem pesquisas e estudos para desenvolver seu próprio carro autônomo e, a princípio, elétrico.

E no meio das gigantes, como a própria Apple e outras mais avançadas como a Tesla e a Google, surgem outras empresas procurando sua própria maneira de desenvolver a tecnologia, como é o caso da Wayve, que está desenvolvendo um veículo que dirige sozinho apenas se baseando no GPS, poucos dados de hábitos de direção e uma câmera.

Abaixo, você assiste o veículo percorrendo um trecho no meio de uma cidade. Apesar de ter códigos complexos, para o usuário parece ser uma experiência simplificada, você abre a aplicação no smartphone, seleciona o local de destino e confirma.

A direção não acontece totalmente sozinha, você precisa ainda retomá-la em alguns casos, para fazer manobras de estacionamento e antes e depois de finalizar a corrida. Ele tem um painel com alguns botões, para dar início é necessário virar um botão ao lado da chave, o mesmo precisa ser feito quando atinge o destino desejado. Aparentemente, o veículo permite a troca rápida no modo de direção, o que deixa o vídeo bastante interessante.

A Wayve quer que os veículos enxerguem o trânsito da mesma forma que nós

Outro ponto curioso é o volante, que fica a todo instante balançando e fazendo as alterações necessárias, o que deve ser um reflexo dos constantes cálculos que estão sendo feitos. Apesar de parecer bastante promissor, inclusive tendo desviado de ciclistas nas ruas, esse não é um modelo pronto, ainda está em fase de testes.

Segundo a empresa, eles trabalham os carros para que enxerguem o trânsito da mesma forma como nós enxergamos e com o mínimo possível de data e programação. De acordo com ela, essa é uma maneira mais segura de desenvolver carros inteligentes.

Confira abaixo um vídeo em que eles trazem algumas imagens da câmera dos carros.

Continua após a publicidade

O veículo utilizado é um modelo modificado do Renault Twizy, carro elétrico, compacto e simples, não tem alavanca de marchas. Você pode saber mais sobre o trabalho da Wayve e de seus veículos no site da empresa.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.