NASA conclui testes de voo do Mars Helicopter e prova que ele pode voar em Marte
Créditos: NASA

NASA conclui testes de voo do Mars Helicopter e prova que ele pode voar em Marte

Tanto o rover Mars 2020 quanto o helicóptero devem chegar em Marte em fevereiro de 2021

28/03/2019 às 00:50
Notícia

Governo dos EUA planeja enviar astronautas à Lua nos próximos...

Objetivo da NASA é voltar ao satélite até 2024 para estabelecer presença permanente por lá

No final de janeiro deste ano, todas as peças que compunham o modelo de voo do Mars Helicopter da NASA foram postas à prova. Os cientistas que trabalham no projeto terminaram de construir o veículo de 4kg que vai decolar para o planeta vermelho com o rover Mars 2020. Porém, antes de enviá-lo, eles precisavam provar que poderia realmente voar em condições marcianas.

É por isso que a equipe replicou a atmosfera marciana no Space Simulator do JPL, a fim de garantir que o helicóptero possa decolar. A notícia boa: eles conseguiram realizar dois voos de teste em condições de Marte com sucesso em dias separados.

Como a atmosfera marciana tem apenas cerca de um 1% da densidade da Terra, os pesquisadores teriam que realizar seus testes de vôo a uma altitude de 100.000 pés caso não confiassem no simulador. O cilindro a vácuo de 25 pés de largura foi a melhor escolha, especialmente desde que a agência tem usado o mesmo para testar máquinas destinadas ao planeta vermelho - na verdade, é onde a equipe Curiosity testou o rover aqui na Terra.

Para poder replicar a atmosfera marciana, a equipe injetou dióxido de carbono na câmara depois de sugar todo o nitrogênio, oxigênio e outros gases. Eles também tiveram que usar um sistema de descarga de gravidade na forma de corda motorizada que puxava o helicóptero enquanto pairava acima do solo, já que Marte possui apenas dois terços da gravidade do nosso planeta.

Enquanto o veículo aéreo não tripulado (UAV) registrou um total de um minuto de tempo de vôo a uma altitude de 2 polegadas acima do solo, os cientistas conseguiram obter os dados que necessitavam para dizer que funcionará em Marte.

"Da próxima vez que voarmos, voaremos em Marte", disse o gerente do projeto, MiMi Aung.

26/03/2019 às 10:50
Notícia

Cientistas criam material que pode ser utilizado na medicina ...

Impresso 3D, é super resistente e também maleável, uma combinação rara

Tanto o rover Mars 2020 quanto o helicóptero devem chegar ao planeta vermelho em fevereiro de 2021. O helicóptero servirá como uma demonstração para os futuros UAVs espaciais, enquanto o rover estudará a geologia do planeta, avaliará a possibilidade de vida no passado e coletará amostras perfurando sua superfície.

Via: Engadget Fonte: NASA
NASA encontra água congelada logo abaixo da superfície de Marte

NASA encontra água congelada logo abaixo da superfície de Marte

O gelo pode ser alcançado com uma pá, dizem os especialistas.


NASA explodiu o maior tanque de combustível para foguetes do mundo em um teste

NASA explodiu o maior tanque de combustível para foguetes do mundo em um teste

Vídeo mostra como o tanque se rompeu após suportar mais de 260% de sua capacidade


SpaceX estuda revestir satélites Starlink para não atrapalhar a astronomia

SpaceX estuda revestir satélites Starlink para não atrapalhar a astronomia

Atualmente 120, empresa pretende lançar cerca de 42 mil satélites para fornecer internet


Foca ajuda cientistas a medir temperatura no Oceano Antártico

Foca ajuda cientistas a medir temperatura no Oceano Antártico

Estudo fez descoberta importante para compreensão das variações de temperatura no globo


Sonda Parker enfrenta ventos solares capazes de inverter o campo magnético do Sol

Sonda Parker enfrenta ventos solares capazes de inverter o campo magnético do Sol

Sonda Parker foi lançada ao espaço pela NASA em agosto de 2018