Impressora 3D que imprime comida começa a ser vendida no Brasil
Créditos: Wiibox/Divulgação

Impressora 3D que imprime comida começa a ser vendida no Brasil

Agora você pode combinar culinária com modelagem 3D

No final de semana passado publicamos um artigo contando nossos primeiros passos aprendendo a utilizar uma impressora 3D e descobrimos que existe um público muito engajado no assunto. Talvez essas mesmas pessoas curtam a notícia de hoje: uma impressora 3D que imprime comida começou a ser vendida no Brasil.

23/03/2019 às 17:05
Artigo

Impressão 3D é incrível, mas ainda não é tão simples

Não é só chegar e imprimir, você precisa gastar um bom tempo e dinheiro no aprendizado

O público alvo? Segundo a Wiibox, fabricante dessas impressoras peculiares, a ideia é atender bares, restaurantes, confeiteiros e amantes da culinária "que além do sabor estão em busca de diversificar e entregar um produto final único para cada cliente".

Um dos modelos que a empresa trouxe ao Brasil é a Sweetin, que utiliza chocolate, geleia e cremes.

Para bares e restaurantes que pretendem apresentar um prato com algum diferencial, pode ser interessante, já que nós já vimos que a impressão 3D dá certa liberdade em formatos.

Se você está com dificuldade para visualizar como é feita uma impressão 3D de comida, o vídeo abaixo pode te ajudar.

A distribuidora Oderço, responsável pela marca aqui no Brasil, dá garantia de 1 ano, tem assistência técnica aqui e, caso você seja de São Paulo ou tenha muito interesse no assunto, estarão exibindo as máquina entre os dias 10 e 11 de junho em São Paulo capital no evento Inside3DPrinting.

Como essa é a primeira marca de impressora 3D a chegar aqui no Brasil, segundo a distribuidora, tem uma série de detalhes técnicos que vamos ter que esperar para saber melhor.

Um exemplo, é o tempo que leva para a impressão ser concluída, sabemos que demora horas para um objeto normal ser concluído, caso isso aconteça ao imprimir comida, pode limitar bastante o seu uso. Talvez seja importante até ter mais de uma máquina no restaurante. Ainda assim, continua algo engenhoso e interessante.

Outro detalhe, nem tão pequeno, é o preço. A Sweetin está custando cerca de R$ 15,9 mil.

De qualquer forma, impressão 3D é uma tecnologia em ascensão e deve ter uma caminhada longa para a popularização, ela será tendência por muito tempo. Se você curte modelagem 3D ou tem curiosidade sobre como são feitos os modelos 3D impressos, vale a pena conferir mais sobre o assunto neste artigo. 

 

Fonte: Wiiboox
Conselho de Diretores da HP rejeita proposta de aquisição da Xerox

Conselho de Diretores da HP rejeita proposta de aquisição da Xerox

Executivos da HP reforçaram confiança na sua estratégia atual de negócios


Xerox planeja adquirir Hewlett-Packard (HP), diz jornal

Xerox planeja adquirir Hewlett-Packard (HP), diz jornal

União pode gerar economia de U$2 bilhões para as duas empresas


Impressora inovadora cabe na palma da mão e imprime em diversos materiais

Impressora inovadora cabe na palma da mão e imprime em diversos materiais

Produto está em financiamento coletivo e já superou em muito a meta inicial