Supercomputador Aurora, da Intel, será o primeiro do mundo a fazer cálculos na exa-escala
Créditos: DataCenterDynamics

Supercomputador Aurora, da Intel, será o primeiro do mundo a fazer cálculos na exa-escala

Computador será construído nos Estados Unidos para pesquisas científicas

A Intel, em parceria com a Cray Computing e a Secretaria de Energia dos EUA, vai construir o primeiro supercomputador do mundo capaz de fazer cálculos na exa-escala. Isso significa que o sistema será capaz de realizar um quintilhão de contas por segundo. O anúncio foi feito por Rick Perry, secretário de energia do país norte-americano:

"Alcançar a exa-escala é imperativo, não apenas para melhorar a comunidade científica, mas também para melhorar as vidas de todos os americanos. Aurora e a próxima geração de supercomputadores em exa-escala vão aplicar computação de alta performance e tecnologias de IA em áreas como pesquisa do câncer, modelagem climática e tratamentos de saúde para veteranos."

Como fica claro na declaração de Perry, o novo supercomputador se chama Aurora e alguns de seus usos incluem contribuir para a pesquisa em áreas de saúde, como na pesquisa do combate ao câncer e também em áreas ambientais, como previsões climáticas. Mas os usos serão bem variados e vão bem além disso, passando até pela ajuda a prevenção de suicídios, através da análise de fatores de risco.

O projeto prevê o investimento de mais de US$ 500 milhões e as empresas não entraram ainda em detalhes sobre os componentes de hardware que vão construir o Aurora. Sabe-se que o sistema vai usar processadores Xeon e memórias Optane, tecnologias proprietárias da Intel. O pessoal da Cray Computing vai vir com seu sistema Shasta de supercomputação.

A corrida para ter o primeiro supercomputador capaz de exa-escala, no entanto, não será tranquilo. A Intel pretende entregar o Aurora em 2021, mas qualquer atraso pode deixar a empresa pra trás do Japão, por exemplo, que também pretende ter um computador desse até 2021 e da Europa, que tem planos de inaugurar o seu entre 2022 e 2023.

Fonte: Engadget
User img

João Gabriel Nogueira

Nova tecnologia da Nokia promete dobrar a duração da bateria dos smartphones

Nova tecnologia da Nokia promete dobrar a duração da bateria dos smartphones

Melhora na autonomia pode ajudar a compensar maior consumo da internet 5G


Nasa confirma que foi hackeada por quase um ano por um Raspberry Pi de US$35

Nasa confirma que foi hackeada por quase um ano por um Raspberry Pi de US$35

O hacker roubou cerca de 500MB de dados, com informações de artigos confidenciais


Rumores sugerem que novo dispositivo dobrável da Microsoft chegará em 2020

Rumores sugerem que novo dispositivo dobrável da Microsoft chegará em 2020

O produto pode vir com SOC Intel Lakefield e a nova versão do Windows 10 OS


Petrobras possui o maior supercomputador da américa latina para processamento geofísico

Petrobras possui o maior supercomputador da américa latina para processamento geofísico

Fabricado pela Bull, o Fênix está na 142° posição de supercomputadores do mundo da Top500


Pesquisa mostra que um quinto dos motoristas brasileiros usa o celular enquanto dirige

Pesquisa mostra que um quinto dos motoristas brasileiros usa o celular enquanto dirige

Números mostram que aumento de penalização não foi suficiente para coibir a prática