Xiaomi lança Redmi 7, Redmi Note 7 Pro e Redmi AirDots na China
Créditos: XDA

Xiaomi lança Redmi 7, Redmi Note 7 Pro e Redmi AirDots na China

Depois do lançamento dos Redmi Note 7 e Note 7 Pro na Índia, chegou a vez do mercado chinês

18/03/2019 às 12:47
Notícia

Xiaomi confirma que Mi Band 4 será lançada ainda neste ano

Executivo afirma que pulseira inteligente vai chegar depois de abril

Depois de lançar o Xiaomi Mi 9 no mercado global e os Redmi Note 7 e Note 7 Pro na Índia, a Xiaomi anunciou hoje o Redmi 7 na China, junto com o Redmi Note 7 Pro e os Redmi AirDots. O Redmi 7 é o sucessor do Xiaomi Redmi 6, que foi lançado no ano passado ao lado do Redmi 6 Pro e do Redmi 6A.

O Redmi 7 possui um entalhe no estilo water-drop acima de um display HD+ de 6,36 polegadas e  proporção 19:9. O smartphone conta com a proteção Gorilla Glass 5 acima da tela e com o nano-revestimento P2i repelente a líquidos, que o faz ser resistente a respingos de água. Além disso, o display foi certificado pela  fornecedora global de serviços técnicos, segurança e certificação TÜV Rheinland com a promessa de reduzir a luz azul e proteger os olhos dos usuários de qualquer fadiga devido ao uso excessivo.

Enquanto as costas do aparelho podem dar a ilusão de uma superfície de vidro polido, na verdade ela é feita de material de policarbonato. Junto com o acabamento preto brilhante, o smartphone está disponível em duas opções para gradientes de cor - azul e vermelho.

O aparelho é alimentado pelo SoC Snapdragon 632 da Qualcomm e estará disponível em três combinações de memória RAM e armazenamento diferentes:

  • 2GB de RAM/16GB de armazenamento
  • 3GB de RAM/32GB de armazenamento e
  • 4GB de RAM/64GB de armazenamento.

18/03/2019 às 08:48
Notícia

Pocophone F2 e F1 Lite são falsos: desenvolvedor ensina como ...

Se você ficou animado com os vazamentos sobre os novos aparelhos da linha Pocophone, temos más notícias

Para fotografia, o Redmi 7 está equipado com uma câmera principal de 12MP na traseira junto com um sensor de profundidade de 2MP. Ele usa o mesmo sensor de câmera que o Mi 6. Na frente, ele possui uma câmera de 8MP para selfies que vem com um modo de beleza AI e também suporta desbloqueio de rosto.

Outro destaque importante é sua bateria de 4.000mAh, que a Xiaomi afirma resultar em um standby de 400 horas. O dispositivo suporta uma taxa de carregamento de até 10W e vem com otimizações de AI para aumentar ainda mais o backup.

O Redmi 7 vem com várias opções de conectividade, incluindo 4G VoLTE, Wi-Fi, Bluetooth, um fone de ouvido de 3,5 mm, GPS e um IR blaster. A variante de 2GB+16GB chega por 699 yuan (US$ 105), a versão 3GB+32GB por 799 yuan (US$ 120) e a 4GB+64GB por 999 yuan (US$ 150). O dispositivo estará disponível na China a partir do dia 26 de março, mas ainda não há informações sobre sua disponibilidade em outros mercados, incluindo a Índia.

Redmi Note 7 Pro

Junto com o Redmi 7, a Xiaomi também lançou o Redmi Note 7 Pro no mercado chinês. Ele é o mesmo dispositivo que foi lançado na Índia no mês passado, com recursos-chave incluindo um sensor Sony IMX 586 de 48MP, Snapdragon 675 e suporte para o protocolo Quick Charge 4 da Qualcomm. A variante chinesa também virá com um carregador de 18W dentro da caixa, ao contrário das unidades indianas.

A opção com 6GB custa 1.599 yuan na China e estará disponível para pré-venda a partir de amanhã, 19 de março, e para venda no dia 22. A versão com 4GB não foi mencionada no evento, então podemos supor que ela é exclusiva para a Índia até o momento.

Redmi AirDots 

Além dos dois smartphones Redmi, a empresa também lançou os Redmi AirDots, que parecem ser as versões mais acessíveis dos Xiaomi AirDots lançados no ano passado. Os fones pesam apenas 4,1 gramas cada e utilizam o Bluetooth 5.0 para conexão com smartphones ou outros dispositivos. Os AirDots da Redmi custam 99,9 yuan (US$ 15) e podem durar até 4 horas em uma única carga.

Por fim, a Xiaomi anunciou no mesmo evento uma máquina de lavar roupa totalmente automática com capacidade máxima de 8kg que estará disponível na China a partir de 9 de abril por um preço de 799 yuan (US$ 120).

Fonte: XDA
User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Novo padrão de Wi-Fi 802.11ay pode ser usado nos óculos Apple AR

Novo padrão de Wi-Fi 802.11ay pode ser usado nos óculos Apple AR

Especulações iniciais eram de que tecnologia estaria presente já no iPhone 12


Qualcomm revela design de referência para sua plataforma de realidade virtual e aumentada

Qualcomm revela design de referência para sua plataforma de realidade virtual e aumentada

Ele inclui suporte para 5G e sete câmeras


Black Shark 3 é confirmado com bateria de 4720mAh e carregamento rápido de 65W

Black Shark 3 é confirmado com bateria de 4720mAh e carregamento rápido de 65W

Celular deve ser lançado ainda em março deste ano


Celular com Snapdragon 865 é lançado na Índia com modem 5G desativado

Celular com Snapdragon 865 é lançado na Índia com modem 5G desativado

Pague por um modem 5G que você nunca poderá usar, graças ao design do chip da Qualcomm


Qualcomm: ASUS Zenfone 7 e ROG Phone 3 chegam esse ano com Snapdragon 865

Qualcomm: ASUS Zenfone 7 e ROG Phone 3 chegam esse ano com Snapdragon 865

Empresa divulgou uma lista com aparelhos que virão equipados com o novo chip