Redes sociais do Facebook ficaram fora do ar, mas já estão de volta normalmente

Redes sociais do Facebook ficaram fora do ar, mas já estão de volta normalmente

O Facebook, Instagram e o WhatsApp estavam com instabilidade em diversos lugares do mundo

Todas as redes sociais que pertencem ao Facebook (Facebook, Instagram e WhatsApp) ficaram fora do ar totalmente ou parcialmente durante a maior parte do dia 13 de março. Esse foi um problema global que afetou diversos lugares do mundo, mas o Brasil foi um dos países que mais relataram problemas, principalmente em relação ao WhatsApp. Isso pode ser explicado devido ao grande número de adeptos brasileiros as redes que pertencem a Mark Zuckerberg.

No mapa acima as partes em vermelho são onde o WhatsApp registrou o maior números de reclamações por erro. A imagem mostra que os registros são principalmente da Europa, da América Latina, em especial no Brasil, mas também no leste dos EUA e em países da América Central. As partes em amarelo mostram que houve registro, mas em menor quantidade.

O Facebook usou a sua conta oficial no Twitter para divulgar que estava ciente dos problemas e que a sua equipe estava trabalhando para resolvê-los e normalizar a situação. Não era possível adicionar novas mídias no WhatsApp, fazer publicações no Facebook e nem no Instagram, o feed não estava carregando em alguns momentos e até mesmo o chat Messenger, que é isolado em outro App, estava fora do ar.

Sobre as possíveis causas dos erros, na sequência do Tweet foi informado que não era DDoS Attack (Ataque de Negação de Serviço). Esse problema acontece com sites hospedados em www e o motivo geralmente é a sobrecarga de acessos nestes tipos de serviços. Esse ataque faz com que recursos de um sistema fiquem indisponíveis para os usuários, podendo sair do ar totalmente, ou parcialmente. Apesar do Facebook falar o que não era, ele não informou o que foi que fez com que as redes sociais ficassem indisponíveis.

A conta oficial do Instagram no Twitter também se manifestou falando que estava ciente dos problemas e que sabia o quanto isso é frustrante para os usuários. Durante a madrugada (cerca de 1h pelo horário de Brasília) um novo post informando que estava de volta foi publicado novamente no Twitter.

Continua depois da publicidade

De acordo com o DownDetector, cerca 12211 reports relataram problemas no Facebook, no horário com o maior pico, que foi às 23h Já no WhatsApp o horário foi praticamente o mesmo, e registrou 1414 reports de erro.

06/02/2019 às 11:36
Notícia

Brasileiros são os que mais se deparam com fake news, segundo...

No geral, os Millennials atingiram as maiores taxas de risco e consequências online

Esses problemas também fizeram com que Fake News fossem divulgadas em massa apenas por mensagens dentro do próprio WhatsApp. Uma notícia falsa dizia que as redes sociais estavam fora do ar para evitar compartilhamentos que mostrassem imagens do ataque em Suzano, que aconteceu ontem. É importante lembrar que as notícias devem ser verificadas antes de ser compartilhadas para evitar a repercussão de mentiras.

Aparentemente todos os serviços já estão de volta a normalidade no Brasil, em alguns países ainda está sendo registrado alguns pequenos erros. #FacebookDown foi um dos assuntos mais comentados ontem (13) no Twitter mundial.

Via: The Verge, cbsnews Fonte: DownDetector, Facebook
User img

Ana Luiza Pedroso

WhatsApp está desenvolvendo recurso de busca avançada de arquivos

WhatsApp está desenvolvendo recurso de busca avançada de arquivos

Versão beta do aplicativo de conversas traz, entre outras coisas, opção de procurar tipos de arquivos específicos


BlackBerry processa Twitter alegando infração de patentes

BlackBerry processa Twitter alegando infração de patentes

Ex-fabricante de celulares já está brigando com Facebook pelo mesmo motivo


Google Duo lançou suporte para navegador web e já pode ser acessado no Brasil

Google Duo lançou suporte para navegador web e já pode ser acessado no Brasil

O aplicativo de videochamadas do Google está disponível em quase todos os navegadores


Ferramenta de limpar histórico do Facebook chegará neste ano

Ferramenta de limpar histórico do Facebook chegará neste ano

Recurso focado em privacidade foi prometido no ano passado, mas acabou adiado para 2019


A publicidade digital nos EUA está recebendo mais investimentos do que a tradicional

A publicidade digital nos EUA está recebendo mais investimentos do que a tradicional

Em 2018 o Facebook e o Google somados tiveram 60% dos anúncios digitais nos EUA