A nave Crew Dragon da SpaceX retorna para a Terra e pousa na costa da Flórida em segurança
Créditos: SpaceX

A nave Crew Dragon da SpaceX retorna para a Terra e pousa na costa da Flórida em segurança

Essa missão prova que a espaçonave pode transportar seres humanos em segurança

A segunda versão da nave espacial da empresa SpaceX, a Crew Dragon, pousou em segurança na costa da Flórida nos EUA, no dia 08 de março, completando a missão e retornando para a Terra com tranquilidade. Não havia tripulantes na espaçonave, apesar do objetivo principal da missão ser justamente para provar que o Crew Dragon pode transportar seres humanos em segurança.

A SpaceX é uma empresa de sistemas aeroespaciais que foi fundada pelo CEO da Tesla, Elon Musk. Segundo a empresa tudo ocorreu como esperado durante a missão e a equipe está satisfeita. Para substituir o peso relativo a pessoas, cerca de 180kg de suprimentos e equipamentos estavam dentro da nave, para simular uma tripulação.

A conta oficial do Twitter da NASA Commercial Crew publicou o vídeo do momento em que a Crew Dragon chega, dizendo que o pouso aconteceu no oceano Atlântico e que a nave seria retirada em movimento em seguida pelos barcos. Quatro paraquedas são acionados para diminuir o impacto da velocidade da nave com a superfície terrestre.

14/01/2019 às 11:21
Notícia

SpaceX lança com sucesso sua primeira missão de 2019 com o fo...

O lançamento conclui a parceria de dois anos da SpaceX com a Iridium

No vídeo é possível ver que a parte externa da nave foi queimada na atmosfera terrestre em seu retorno, mesmo com os escudos para altas temperaturas colocados na nave. Os resultados não foram coletados e nem analisados ainda, portanto nenhuma informação adicional sobre o cronograma de lançamento da missão 2019 da SpaceX foi divulgado até o momento.

Essa missão ter sido bem sucedida significa também que os EUA não precisarão mais ser dependentes dos foguetes russos Soyuz, uma vez que a empresa subsidiária da SpaceX, a The Boring Company, é norte americana e está se consolidando no mercado com essa missão. A empresa investiu um total de US$6,8 bilhões para que um sistema completo de foguete e cápsula fosse construído.

Via: tweaktown
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

TUDO que o NVIDIA BROADCAST consegue fazer!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.