MacBook Pro 2018 vem com correção para um problema que a Apple nunca admitiu existir
Créditos: Apple

MacBook Pro 2018 vem com correção para um problema que a Apple nunca admitiu existir

Apple "silenciosamente" aumentou o cabo do display sem reconhecer a falha publicamente

O MacBook Pro de 2018, último modelo lançado do notebook extremamente fino da Apple, veio com uma correção curiosa em sua estrutura que a maioria dos usuários normalmente não perceberia. Mas, como o pessoal do iFixit é profissional na desmontagem de aparelhos, eles notaram e estão noticiando que os cabos flexíveis que ligam o display do MacBook à parte de baixo do notebook estão um tanto mais longos. E isso é interessante porque, aparentemente, a mudança foi feita pra corrigir um problema que, segundo a Apple, "não existe".

12/11/2018 às 10:44
Notícia

Mac Mini é avaliado pela Ifixit e recebe a nota 6/10 em efici...

Computador compacto da Apple é prático para desmontar com ferramentas simples

Para entender melhor o assunto é preciso um pequeno "flashback". No ano passado, usuários começaram a notar que modelos do MacBook Pro de 2016 em diante começaram a apresentar um problema na tela conhecido como "luzes de palco", por causa de como fica o efeito. A investigação de especialistas em eletrônicos, como o pessoal do iFixit, concluiu que o cabo que liga o display no corpo era muito frágil e, com o tempo, o abrir e fechar do notebook desgastava ele, criando o problema. A Apple, no entanto, nunca veio a público reconhecer a existência do problema, e isso complicou a vida dos usuários, porque aí eles precisam pagar do próprio bolso o conserto. E esse conserto não sai nada barato, já que não é possível trocar apenas o cabo, é necessário trocar todo o display, manutenção que sai em torno de US$ 700 nos EUA.

O cabo presente no MacBook Pro 2018 é 2mm mais longo que o original. Pode não parecer muito, mas num espaço tão apertado como o desse notebook, faz toda a diferença. O comparativo abaixo mostra que ficou visível a folga no cabo agora, quando o dispositivo está dobrando, causando muito menos estresse no componente.

O conserto certamente é bem-vindo para os compradores do novo modelo, mas não ter o problema reconhecido oficialmente pela Apple acaba prejudicando os usuários dos modelos anteriores.

Fonte: iFixit
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.