SD Association anuncia o microSD Express com velocidades de até 985MB/s
Créditos: Businesswire

SD Association anuncia o microSD Express com velocidades de até 985MB/s

O cartão UHS-II mais rápido chega a pouco mais de 300MB/s

25/02/2019 às 10:50
Notícia

Divulgadas primeiras fotos tiradas com o Nokia 9 PureView

Smartphone tem cinco câmeras e foi apresentado ontem durante a MWC 2019

A SD Association anunciou hoje o microSD Express, oferecendo as populares interfaces PCI Express® e NVMe™ junto com a interface microSD para compatibilidade com versões anteriores.

Como o SD Express, o microSD Express usa a interface PCIe, oferecendo uma taxa de transferência máxima de dados de 985 megabytes por segundo (MB/s) e o protocolo de camada superior NVMe permite um mecanismo avançado de acesso à memória. Para fins de comparação, os cartões UHS-I mais rápidos chegam a pouco mais de 100MB/s, o UHS-II mais rápido que chega a pouco mais de 300MB/s.

Com suporte para os sub-estados de baixa potência (L1.1 e L1.2) do PCIe v3.1, os novos cartões usarão menos energia que os microSDs clássicos, apesar de serem muito mais rápidos que eles. Os cartões microSD Express definidos na especificação SD 7.1 serão oferecidos em uma variedade de capacidades, como microSDHC Express, microSDXC Express e microSDUC Express.

O microSD Express oferece velocidades necessárias para transferir grandes quantidades de informações geradas por comunicação sem fio intensa, sistemas de jogos em constante evolução, dispositivos IoT multicanal, vários usos automotivos, vídeos mobile de maior resolução, câmeras de ação, vídeos em 360º, VR e mais.

O padrão Express é muito eficiente em multitarefa, por isso não haverá impactos no desempenho para mover aplicativos para armazenamento externo. Para conseguir isso, os cartões microSD Express emprestam alguns truques dos SSDs de PC:

  • Multi Queue Support: cada núcleo da CPU pode armazenar comandos para a placa na RAM do host, os cartões irão lê-los e executá-los;
  • Host Memory Buffer: este é um recurso de SSDs sem DRAM on-board que permite usar a RAM do host para cache;
  • Bus Mastering: este recurso habilita os acima, permitindo que o cartão acesse a RAM do host (DMA); isso tem outros usos, pois permite que outras coisas além da CPU enviem dados para o dispositivo de armazenamento.

“O microSD Express oferece à indústria móvel uma nova opção atraente para equipar dispositivos móveis com SSDs removíveis”, disse Hiroyuki Sakamoto, presidente da SDA. “O SD 7.1 prepara consumidores e fabricantes de dispositivos móveis para atender às crescentes demandas de armazenamento nos próximos anos.”

Apesar disso tudo, o padrão microSD Express requer os pinos extras UHS-II, e ainda estamos para ver um telefone que suporta cartões UHS-II. Ainda assim, é possível que vejamos cartões microSD com o logotipo "Express" circulando em um futuro próximo.

Via: GSMArena Fonte: Sdcard, Businesswire