Modders fazem Ubuntu rodar em notebooks com processadores da Qualcomm
Créditos: HP / Divulgação (com edição nossa)

Modders fazem Ubuntu rodar em notebooks com processadores da Qualcomm

Laptops com chipsets ARM poderiam ter desempenho superior usando software livre ao invés do Windows

Programadores e hackers de dispositivos conseguiram rodar o sistema operacional de código aberto Ubuntu em laptops que utilizam o chipset Snapdragon 835 da Qualcomm – inicialmente lançado para smartphones topo de linha. A ideia de grupo de modders é fazer com que esses notebooks possuam uma experiência de usuário de maior desempenho do que usando o SO da MicrosoftWindows 10, que vem de fábrica.

Conforme aponta o site Fudzilla, laptops com chipsets ARM (como o Snapdragon 835) e Windows foram criticados por seu desempenho fraco e compatibilidade ruim com aplicativos desenvolvidos nativamente para o Windows 10. Entre eles estão o HP Envy x2 de 1ª geração e o Asus NovaGo.

Site oficial: Plataforma Snapdragon para PCs com 4G

No momento, a distribuição de Ubuntu customizada para esses dois notebooks – e também para o Lenovo Miix 630 – é bastante precária e possui muitas limitações. Não é possível usar o Wi-Fi e até mesmo o suporte para armazenamento interno está bloqueado, pois ele necessita da ainda ausente compatibilidade com a tecnologia UFS.

Quem tiver um desses três laptops e desejar se aventurar com esse Ubuntu para ARM pode baixar as imagens pré-criadas através do GitHub. Só recomendamos que você faça isso se for um usuário avançado e tiver absoluta certeza do que estiver fazendo, afinal é possível causar danos ao seu dispositivo caso o processo seja feito de maneira incorreta.

Via: Fudzilla, Tech Republic
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou parao PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.