Não é só o Pocophone: Xiaomi Mi 6X e Note 6 Pro também aparecem na Anatel
Créditos: UOL

Não é só o Pocophone: Xiaomi Mi 6X e Note 6 Pro também aparecem na Anatel

Dispositivos estão em processo de homologação e ainda não se sabe o porquê

Na semana passada o Pocophone F1 chamou a atenção dos brasileiros por aparecer como homologado pela Anatel. Agora foram descobertos também o Xiaomi Mi 6X e o Redmi Note 6 Pro em processo de homologação pela agência. Não só os smartphones, mas também o smartwatch Huami Amazfit encontra-se na mesma situação aqui no Brasil.

14/02/2019 às 12:10
Notícia

Pocophone F1 da Xiaomi foi homologado pela Anatel e pode ser ...

A solicitação da certificação do smartphone foi feita por uma empresa brasileira

No caso desses aparelhos, a homologação ainda não foi concretizada, então os documentos completos ainda não estão disponíveis. Além disso, não se sabe porque esses aparelhos estão sendo homologados por aqui, nem qual empresa fez o pedido. Rumores, no entanto, indicam que foi também a DL Eletrônicos que entrou com o pedido para esses dispositivos, a mesma empresa por trás da homologação do Pocophone F1.

A DL Eletrônicos ainda não se pronunciou oficialmente explicando o porquê de ter pedido a homologação do Pocophone F1 no Brasil, mas, segundo o Olhar Digital, a empresa declarou que vai fazer um pronunciamento oficial hoje, dia 18, explicando porque fez esse registro. Se for descoberto que o pedido de homologação dos outros aparelhos realmente veio da DL Eletrônicos também, vai ficar difícil imaginar que a empresa não pretende vender os aparelhos por aqui, ainda mais com seus representantes marcando uma data para pronunciamento oficial, o que dá todo indício de querer chamar a atenção para um anúncio.

O Xiaomi Mi 6X é um dispositivo intermediário, anunciado no ano passado com uma tela de 5,99'' e processador Snapdragon 660, pelo preço sugerido de US$ 250. Enquanto isso, o Note 6 Pro é maior, vindo com 6,26'' e um processador Snapdragon 636. Ele também foi anunciado no ano passado, pelo preço sugerido de US$ 215.

Vale destacar que o Huami Amazfit, apesar de ter o nome de outra marca, também é um vestível Xiaomi, então até o momento essas homologações e pedidos só apareceram para dispositivos de uma mesma fabricante. 

Fonte: Olhar Digital
User img

João Gabriel Nogueira

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Xiaomi Mi 10

Xiaomi Mi 10

Confira a ficha técnica


iPhone 11 atinge 109 pontos nos testes de câmera do DxOMark

iPhone 11 atinge 109 pontos nos testes de câmera do DxOMark

Celular da Apple conseguiu 112 pontos para foto e 101 para vídeo


Samsung promove testes para lançar Bixby em português do Brasil

Samsung promove testes para lançar Bixby em português do Brasil

Assistente virtual já está disponível no idioma em versão beta para donos do Galaxy S10


Motorola Razr agora tem uma nova data de lançamento: dia 6 de fevereiro

Motorola Razr agora tem uma nova data de lançamento: dia 6 de fevereiro

Depois de ser adiado, celular dobrável chega às prateleiras pela Verizon no mês que vem


Crowdfunding para o MNT Reform, notebook 100% open-source, deve começar em fevereiro

Crowdfunding para o MNT Reform, notebook 100% open-source, deve começar em fevereiro

O computador é fabricado completamente através de materiais de código aberto