Missão Curiosity: NASA divulga vídeo 360º da paisagem de Marte
Créditos: CC0/Pixabay

Missão Curiosity: NASA divulga vídeo 360º da paisagem de Marte

O vídeo foi criado a partir de um panorama tirado pelo rover em dezembro do ano passado

Depois de explorar a Vera Rubin Ridge, localizada no pico central da cratera marciana Gale, por mais de um ano, o rover Curiosity da NASA mudou-se recentemente. E um novo vídeo em 360º permite que o público veja o local de perfuração final, uma área apelidada de "Rock Hall".

O vídeo foi criado a partir de um panorama tirado pelo rover em 19 de dezembro do ano passado. Ele inclui imagens de seu próximo destino - uma área que a equipe tem chamado de "unidade argilosa" e recentemente chamada de "Glen Torridon" - e o piso da Gale Crater, lar do Mount Sharp, característica geológica que o rover tem escalado desde 2014.

A nova casa do rover, Glen Torridon, fica em uma depressão entre Vera Rubin Ridge e o resto da montanha. Esta região foi chamada de unidade argilosa porque os dados orbitais mostram que as rochas contêm filossilicatos - minerais argilosos que se formam na água e que poderiam contar aos cientistas mais sobre os antigos lagos que estavam presentes na cratera Gale ao longo de sua história.

23/01/2019 às 09:41
Notícia

Nascem primeiros bebês modificados geneticamente com a técnic...

O cientista que fez a modificação foi demitido e pode ser processado por uso indevido da técnica

As principais tarefas da missão Curiosity no Planeta Vermelho são conduzir estudos geológicos e geoquímicos detalhados, estudar a atmosfera e o clima e procurar água ou indícios de sua presença e matéria orgânica.

O rover já encontrou minerais argilosos e moléculas orgânicas em muitas das rochas que perfurou desde o desembarque, em 2012. Se tanto a água quanto as moléculas orgânicas estavam presentes quando as rochas se formaram, a unidade argilosa pode ser outro exemplo de Marte já foi um ambiente habitável.

Via: Sputniknews Fonte: NASA
Elon Musk diz que se mudar para Marte um dia vai custar talvez menos de US$ 100.000

Elon Musk diz que se mudar para Marte um dia vai custar talvez menos de US$ 100.000

Empresário destaca ainda que o "ticket" para voltar pela sua empresa não será cobrado


Mars One Ventures, empresa que levaria pessoas para viver em Marte, está falida

Mars One Ventures, empresa que levaria pessoas para viver em Marte, está falida

O criador da empresa, Bas Lansdorp, disse que está "trabalhando para encontrar uma solução"


Pendrive é recuperado depois de quase dois anos congelado em fezes de focas leopardo

Pendrive é recuperado depois de quase dois anos congelado em fezes de focas leopardo

O dispositivo funcionou e foi possível recuperar imagens de outros leões marinhos


Nascem primeiros bebês modificados geneticamente com a técnica Crispr na China

Nascem primeiros bebês modificados geneticamente com a técnica Crispr na China

O cientista que fez a modificação foi demitido e pode ser processado por uso indevido da técnica