Pendrive é recuperado depois de quase dois anos congelado em fezes de focas leopardo
Créditos: NIWA

Pendrive é recuperado depois de quase dois anos congelado em fezes de focas leopardo

O dispositivo funcionou e foi possível recuperar imagens de outros leões marinhos

Os pesquisadores do Instituto Nacional de Pesquisa em Água e Atmosfera (NIWA) na Nova Zelândia encontraram um pendrive nas fezes congeladas de uma foca leopardo, ou leopardo do mar. Estavam armazenadas diversas imagens de outras focas brincando na água e um vídeo que foi publicado no Twitter dia 04 de fevereiro, informando que o Instituto estava procurando pelo dono do pendrive com as imagens.

No vídeo é possível ver algumas focas leopardo, inclusive um filhote e a sua possível mãe, nadando muito próximo a um caiaque azul. Esse vídeo publicado está entre outras imagens semelhantes, que não foram divulgadas, dos animais.

Novamente pelo Twitter foi anunciado que o dono do pendrive foi localizado. "Depois de uma pesquisa global pelo misterioso dono do pendrive que acabou em uma amostra de fezes de um leão marinho, sendo estudada pelos cientistas da NIWA podemos revelar que o dono estava perto de casa!"

A dona do pendrive é Amanda Nelly, que deu uma entrevista falando sobre como reconheceu as imagens. Ela disse se lembrar do dia em que fez as fotos e também falou que as focas leopardo estão em perigo e que para chegar até elas é algo muito especial.

As fezes foram recolhidas e levadas para a análise em laboratório em 2017 por um veterinário local. Para que a amostra não se perdesse os pesquisadores congelaram e deixaram no freezer. Quando ela foi quebrada para ser estudada, foi então que se descobriu que um pendrive estava bem enterrado no meio das fezes.

Alguns pesquisadores afirmaram que é preocupante que esse tipo de dispositivo esteja em contato com os animais nesse ponto, já que é feito com diversos materiais nocivos para o organismo. 

Continua depois da publicidade

Foi uma surpresa para os cientistas voluntários que trabalham na NIWA conseguir recuperar os arquivos dentro do pendrive depois de tanto tempo e tantas transformações. Não foi divulgado o modelo e nem a marca do dispositivo.

Via: dpreview
User img

Ana Luiza Pedroso

Brasileiros são os que mais se deparam com fake news, segundo pesquisa da Microsoft

Brasileiros são os que mais se deparam com fake news, segundo pesquisa da Microsoft

No geral, os Millennials atingiram as maiores taxas de risco e consequências online


Novas imagens revelam design do Galaxy S10 e S10+ em detalhes

Novas imagens revelam design do Galaxy S10 e S10+ em detalhes

Os smartphones podem ser um pouco maiores e scanner in-display é praticamente certo


Nascem primeiros bebês modificados geneticamente com a técnica Crispr na China

Nascem primeiros bebês modificados geneticamente com a técnica Crispr na China

O cientista que fez a modificação foi demitido e pode ser processado por uso indevido da técnica