Amazon tem patente de entrega de drones
Créditos: AP/Amazon

Amazon tem patente de entrega de drones "Drone Marker and Landing Zone Verification" aprovada

A patente foi solicitada em 2016 e aprovada na última terça-feira, dia 5

23/01/2019 às 09:09
Notícia

Amazon turbina sua atuação no Brasil com centro de distribuiç...

Agora, a empresa vende e entrega produtos no Brasil também

A Amazon recebeu aprovação para mais uma patente de entrega de drones, intitulada "Drone Marker and Landing Zone Verification". A patente foi solicitada em 2016 e a empresa a recebeu aprovação na última terça-feira, dia 5.

Dessa vez, a patente explica o método da Amazon para guiar os drones aos seus destinos e para verificar se a entrega foi feita no endereço correto. O sistema provavelmente incluiria a capacidade do drone de reconhecer obstáculos próximos ao local de entrega, assim como um alvo com um código de barras que o destinatário teria que imprimir e colocar no lugar correto para guiar o drone.

No caso de algum obstáculo impedir que o produto seja recebido, o destinatário receberia uma mensagem de texto com a instrução de mover o problema ou, se isso não for possível, mover o "alvo" de entrega.

 Os pacotes poderiam ser deixados no local com um sistema de para-quedas, corda ou simplesmente colocados no chão. O drone também daria instruções vocais para os destinatários, provavelmente usando o popular sistema Alexa.

“A comunicação bidirecional pode ser benéfica para verificar a identidade de um possível destinatário, para fazer perguntas a um possível destinatário ou para outros usuários humanos e para fornecer instruções a um possível destinatário ou a outros usuários”, dizem os inventores.

Continua após a publicidade

16/01/2019 às 16:33
Notícia

Um Drone bimotor de duas asas fez entrega de correspondência ...

O percurso durou 1 hora e 15 minutos em uma velocidade máxima de 102km/h

Como parte da patente, a Amazon também pode obter informações mais precisas sobre o local de entrega através de fontes terceiras. Isso pode incluir traçar informações ou planos de arquitetura arquivados em uma agência governamental.

Fonte: DroneDj, Geekwire
User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

O fim do CANAL do RATO BORRACHUDO e o Dilema das Redes Sociais

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.