O problema da China com as bicicletas compartilhadas
Créditos: TPG / Getty

O problema da China com as bicicletas compartilhadas

Elas chegaram como uma solução e rapidamente se transformaram em um transtorno

Algumas cidades do Brasil ainda não tiveram a possibilidade de conhecer as bicicletas compartilhadas, as bikes dockless (sem estação) que podem ser utilizadas com pagamento através de aplicativo.

Yellow, Grin e Scoo, são exemplos de empresas que atuam aqui no país com essa solução para mobilidade urbana que é uma novidade para nós.

Se aqui a gente ainda está se adaptando e conhecendo o modelo, na China a moda já passou. Os chineses passaram por um início feliz no recebimento das bikes, mas logo surgiram os problemas.


Essas não são flores, são bicicletas

As bicicletas sem estação (dockless) e compartilhadas surgiram na China em 2016, muito antes que no Brasil. Lá a moda se espalhou tão rápido que as ruas se encheram de Bikes. Administrar esse tipo de solução de transporte em um país com quase 1 bilhão e meio de pessoas não é fácil.

Em pouco tempo, diversas empresas passaram a competir fabricando muitas bicicletas e colocando uma em cada esquina para as pessoas utilizarem.

Com muitas startups e o crescimento desenfreado do número delas, não demorou muito para surgirem as pilhas de bicicletas. Algumas com defeito, outras ilegais e ainda aquelas que foram vandalizadas.


Parece um campo de tulipas, mas são bicicletas

Continua após a publicidade

O governo chinês está com leis mais rigorosas agora, muitas startups fecharam ou se fundiram às maiores empresas do segmento. Com a diminuição de empresas e o aumento de restrições, é provável que a quantidade de bicicletas descartáveis diminua.

09/04/2018 às 15:14
Notícia

Uber compra empresa de aluguel de bicicletas Jump Bikes por U...

As duas companhias já possuem uma relação próxima

De qualquer forma, a tendência de bicicletas compartilhadas continua forte lá e não faz muito tempo que chegou aqui no Brasil. Esperamos que o governo brasileiro saiba regulamentar e que a população possa usufruir dessa opção com muitas vantagens.

Algumas pessoas questionam se elas são realmente uma solução viável para mobilidade. Assim surgiu o perfil no Twitter Dockless Bike Fail, que reúne foto de bicicletas abandonadas ou atrapalhando o trânsito.

Via: The Atlantic, The Guardian

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.