Brasileiros são os que mais se deparam com fake news, segundo pesquisa da Microsoft
Créditos: The Old Now

Brasileiros são os que mais se deparam com fake news, segundo pesquisa da Microsoft

No geral, os Millennials atingiram as maiores taxas de risco e consequências online

26/01/2019 às 17:50
Notícia

YouTube vai ficar mais exigente com suas recomendações e para...

Empresa anunciou mudança que vai afetar vídeos que chegam perto demais de violar as regras

A Microsoft divulgou ontem, dia 5, Dia da Internet Segura, uma pesquisa com dados sobre os riscos que existem online e como os brasileiros são afetados por isso. A pesquisa foi encomendada pela Microsoft e realizada pela Telecommunications Research Group em 22 países. 

Para começar, os jovens são os mais vulneráveis a golpes na internet. Os Millennials (pessoas de 18 a 34 anos) atingiram as maiores taxas de risco e consequências, com um Índice de Cidadania Digital da Microsoft (ICD) de 73%.

Continua depois da publicidade

No Brasil, a pesquisa aponta que os riscos oferecidos por familiares e amigos aumentaram para 23%, um ganho de 10 pontos percentuais em relação ao ano anterior. Um reflexo desse comportamento é que 49% dos brasileiros entrevistados disseram ter perdido a confiança nas pessoas. Globalmente, 62% dos riscos online vêm de estranhos e contatos virtuais.

Os brasileiros também são os mais propensos a encontrar notícias falsas. Um total de 73% dos entrevistados disse já ter se deparado com tal tipo de notícia, percentual significativamente maior do que a média global, de 57%.

Continua depois da publicidade

Na categoria de riscos sexuais, o recebimento de imagens ou mensagens indesejadas foi apontado por 67% dos entrevistados tanto no Brasil quanto na média global. O Brasil, no entanto, tem um quadro mais grave no que diz respeito aos pedidos indesejados de imagens íntimas: 43% ante 32% no restante do globo.

Além disso, Os brasileiros estão menos cordiais uns com outros. Tratando-se de ofensas, 49% disseram já ter sofrido alguma, seguido de humilhações, com 43%. Consequentemente, 56% dos brasileiros já viveram uma experiência ruim de moderada a intensa, em linha com a média global. 

Apesar de tudo isso, o ICD geral melhorou um pouco. A melhoria se deve a uma queda de quatro pontos em contatos indesejados, que foi quase universal considerando idade, gênero e geografia.

06/02/2019 às 10:22
Notícia

Google lança o Password Checkup: extensão do Chrome para ajud...

A extensão garante que o Google nunca aprenda o nome ou senha do usuário

O Dia da Internet Segura é uma oportunidade para promover um ecossistema mais seguro para as pessoas, empresas e governos, além de incentivar mais comportamento cívico na internet e a fazer a vida online mais segura e confiável.

Fonte: Microsoft
Cientistas detectam molécula no espaço do mesmo tipo da primeira formada após o Big Bang

Cientistas detectam molécula no espaço do mesmo tipo da primeira formada após o Big Bang

Íon hidro-hélio era teorizado há anos como a primeira molécula e enfim foi encontrado


Domínios de internet

Domínios de internet ".br" completam 30 anos com 4 milhões de registros

Endereços são operados pelo NIC.br e incluem variantes como "com.br", "gov.br" e "ong.br"


Google anuncia 10 grandes novidades no evento de computação em nuvem Next 19

Google anuncia 10 grandes novidades no evento de computação em nuvem Next 19

Empresa falou de smartphones Android como chave de segurança, da Anthos e do G Suite


Navegador do Avast ganha versão Aspen e promete ser o mais seguro já criado pela empresa

Navegador do Avast ganha versão Aspen e promete ser o mais seguro já criado pela empresa

Confira as novidades do lançamento


Hackers conseguiram acessar cerca de 6% das contas dos serviços de e-mail da Microsoft

Hackers conseguiram acessar cerca de 6% das contas dos serviços de e-mail da Microsoft

A Microsoft confirmou falha de segurança entre os meses de janeiro e março de 2019