Vídeo com o cofundador da Xiaomi mostra protótipo do smartphone dobrável da empresa

Vídeo com o cofundador da Xiaomi mostra protótipo do smartphone dobrável da empresa

O aparelho deve chegar ao mercado com o melhor custo benefício em relação as outras empresas

Um vídeo publicado na rede social Weibo com o o cofundador da Xiaomi, Bin Lin, mostra o smartphone dobrável da empresa em funcionamento. O vídeo demonstra como vai funcionar as partes com vincos do aparelho, que vão poder ser dobradas para trás.

O vídeo mostra como o aparelho se comporta em um aplicativo com vídeos, Lin dobra as duas partes e revela que mesmo dobrado o smartphone acende toda a tela, o que pode consumir mais energia do aparelho. Também é possível ver que o dispositivo não é muito grosso, mesmo dobrado.

A proporção com ele todo aberto deve ser 3:2. É possível ver pelo vídeo que o botão power está alocado na parte superior do smartphone no modo retrato, quando ele estiver todo aberto no modo paisagem, ele vai ficar no meio do aparelho. Possivelmente ele foi projetado para facilitar o desbloqueio e manuseio rápido do aparelho quando não estiver sendo usado.

Alguns dias atrás outro vídeo do mesmo smartphone foi divulgado pelo Evan Blass no twitter, ele mesmo disse que a procedência não era muito confiável, mas agora a informação se confirmou, e o  smartphone dobrável é de fato da Xiaomi.

O dispositivo parece responder rapidamente quando alterado os modos retrato e paisagem, se adequando as necessidades do usuário de forma bem simples. Os vincos são bem aparentes, o que pode indicar que o aparelho manuseado ainda é um protótipo.

A Xiaomi está divulgando em suas mídias sociais o vídeo com a hashtag #InnovationForEveryone, o que pode indicar que o smartphone chegará ao mercado com um custo benefício, que já é marca registrada da empresa, bem alto para atingir um público maior. Isso pode desbancar outros modelos de smartphones dobráveis que prometem chegar ao mercado por um alto valor, como o da Samsung, que está sendo especulado por um valor superior a US$1700 e da Motorola, que também pode chegar por mais de US$1500.

Via: GSM Arena
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.