Foxconn encerra 50.000 contratos antes do esperado por queda nas vendas de smartphones
Créditos: Nikkei Asian Reviews

Foxconn encerra 50.000 contratos antes do esperado por queda nas vendas de smartphones

Decisão pode ter sido acelerada também pelas baixas vendas de iPhones em especial

A Foxconn, uma das fabricantes de componentes eletrônicos mais importantes do mundo, não renovou os contratos de um total de 50.000 trabalhadores de suas fábricas desde outubro do ano passado. O corte já estava dentro do esperado, sendo trabalhadores sazonais chamados para a época de um grande volume de produção, mas ainda assim essas pessoas costumavam ser mantidas por mais tempo e dessa vez a Foxconn decidiu encerrar seus serviços mais cedo. Muito disso está sendo atribuído ao declínio de vendas em smartphones ao redor do mundo.

03/01/2019 às 13:43
Notícia

Apple culpa guerra fiscal de Trump por vendas ruins de iPhone...

Compra e venda de ações da companhia foram interrompidas ontem após divulgação de receitas abaixo do ...

De acordo com informações do GSMArena, os trabalhadores estavam numa fábrica em Zhengzhou, na China, numa instalação responsável pela maior parte da produção dos iPhones. Sendo assim, é bem provável que a queda nas vendas de dispositivos da Apple, em especial, incentivou a Foxconn a querer cortar suas despesas de produção mais rapidamente.

Segundo outros rumores, outra fábrica importante de componentes pode ter sido impactada pelos mesmos motivos. A Pegatron, segunda maior fabricante de iPhones, também passou pela mesma experiência de reduzir sua força de trabalho antes do esperado para conter gastos.

Fonte: GSMArena
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.