Google compra tecnologia misteriosa de smartwatches da Fossil por US$ 40 milhões
Créditos: Brandfield

Google compra tecnologia misteriosa de smartwatches da Fossil por US$ 40 milhões

Acordo também vai levar engenheiros da fabricante de vestíveis para trabalhar na Google

A Google investiu um total de US$ 40 milhões (R$ 150 milhões) na aquisição de uma tecnologia da fabricante de smartwatches Fossil, conforme está sendo divulgado pelas empresas nessa semana. O acordo também vai levar engenheiros da empresa menor para trabalhar na parte de pesquisa e desenvolvimento da gigante da tecnologia. Especula-se que eles vão trabalhar no desenvolvimento interno do Wear OS, o sistema operacional da Google para vestíveis, além de poderem trabalhar potencialmente num smartwatch de autoria da própria Google.

"Vestíveis, feitos para o bem-estar, simplicidade, personalização e utilidade, têm a oportunidade de melhorar vidas por trazerem aos usuários as informações e insights que eles precisam rapidamente, numa rápida olhada. A adição da tecnologia e do time da Fossil Group à Google demonstra nosso comprometimento com a indústria de vestíveis por permitir um portfólio variado de smartwatches e suportar as necessidades em constante evolução do consumidor ativo que busca vitalidade."
Stacey Burr, presidente de gerência de produtos na platafora Wear OS da Google.

01/09/2018 às 12:07
Notícia

Google desmente rumores de estar trabalhando em smartwatch pr...

Empresa diz que está focada em melhorar o sistema operacional Wear OS

A Fossil trabalha com smartwatches "híbridos", que são relógios mais acessíveis incorporando apenas algumas funções "smart" menores, como exibição de notificações e contagem de passos. Assim a empresa tem se destacado por oferecer gadgets que ainda são considerados bonitos como relógios tradicionais, mas com alguns recursos mais modernos, apesar de acabar abrindo mão de outras funções presentes em smartwatches propriamente ditos.

Não se sabe qual a tecnologia específica da Fossil interessou tanto a Google para ela fazer esse investimento que, apesar de não ser tão grande para uma empresa deste porte, ainda é considerável. A Fossil e a Google já tem trabalhado em conjunto há algum tempo e o acordo pode ser fruto desse trabalho. Com a Google investindo cada vez mais em dispositivos próprios, vai ser interessante acompanhar o futuro dessa aquisição de uma nova tecnologia.

Continua depois da publicidade

Fonte: The Verge
User img

João Gabriel Nogueira

Samsung Galaxy Note 10 terá suporte ao carregamento rápido de 25W

Samsung Galaxy Note 10 terá suporte ao carregamento rápido de 25W

O Galaxy Note 10 Plus vai ter suporte de 45W, mas será acompanhado pelo carregador padrão


Xiaomi revela Amazfit GTR como sua nova linha de smartwatch

Xiaomi revela Amazfit GTR como sua nova linha de smartwatch

Com variantes de 42 mm e 47 mm, a subdivisão Huami promete alta autonomia de bateria comparada aos concorrentes


Alphabet lança aplicativo de controle de tráfego aéreo para drones na Austrália

Alphabet lança aplicativo de controle de tráfego aéreo para drones na Austrália

O App gratuito OpenSky deve ajudar a planejar os voos com mais segurança


Vídeo feito com o drone DJI Mavic 2 mostra eclipse solar no Chile

Vídeo feito com o drone DJI Mavic 2 mostra eclipse solar no Chile

Imagens são surpreendentes e dá exemplo de criatividade na utilização dessas aeronaves


Intel trabalha em sistema que imita o funcionamento do cérebro humano

Intel trabalha em sistema que imita o funcionamento do cérebro humano

Sistema tem o processamento equivalente a de 8 milhões de neurônios