Golpe do material escolar de graça no WhatsApp atinge mais de 560 mil pessoas
Créditos: TecMundo

Golpe do material escolar de graça no WhatsApp atinge mais de 560 mil pessoas

Criminosos também estão utilizando o Messenger do Facebook para disseminar o golpe

O WhatsApp novamente virou ferramenta de cibercriminosos para roubar dados ou instalar vírus. Dessa vez, mais de 560 mil pessoas já foram atingidas pela campanha falsa que promete produtos da Faber-Castell de graça através de um link malicioso.

Nos primeiros dias de circulação, mais de 70 mil acessos ao link mencionado foram registrados. Do dia 3 de janeiro até segunda-feira, dia 7, o monitoramento da Kaspersky, empresa especializada em segurança digital, indicou mais de 568 mil acessos.

Como funciona o golpe

Ao clicar no link recebido, o usuário é orientado a compartilhar a mensagem que aparece com cinco pessoas via WhatsApp, assim "liberando o prêmio". Logo na primeira página exibida, a pessoa precisa informar número de telefone, e-mail e endereço. Esses dados informados podem ajudar os criminosos a cometer outras fraudes no futuro.

17/12/2018 às 15:58
Notícia

WhatsApp vai limitar encaminhamento de mensagens a 5 usuários...

Casos de fake news em países como Índia e Brasil e suas consequências levaram à essa decisão

Se o sistema operacional do celular for iOS, ocorrem vários redirecionamentos e é oferecida a instalação de aplicativos com os quais os responsáveis pelo golpe ganham dinheiro por cada instalação. Caso o aparelho trabalhe com Android, pode ser oferecida a instalação de um aplicativo ou somente ocorrer o redirecionamento para uma página de propagandas, que também renderá lucros aos criminosos.

A novidade é a utilização do Facebook Messenger. Dos mais de 568 mil acessos, pouco mais de 950 vieram do link compartilhado via Messenger. Isso indica que os cibercriminosos estão buscando diversificar as plataformas dos ataques.

 

Continua depois da publicidade

Esclarecimento da empresa

A Faber-Castell enviou uma nota de esclarecimento ao portal R7 afirmando que não está realizando nenhuma ação promocional por canais de terceiros no momento.

A Faber-Castell não está realizando nenhuma ação promocional via canais de terceiros. Além disso, a companhia esclarece que quando realiza uma promoção, a faz por meio de seus canais oficiais como sites e redes sociais.

O setor jurídico da empresa já foi acionado e está avaliando possíveis providências.

Fonte: R7
Facebook deletou mais de 1,5 milhão de vídeos do assassinato na Nova Zelândia

Facebook deletou mais de 1,5 milhão de vídeos do assassinato na Nova Zelândia

O atirador transmitiu a tragédia ao vivo pela plataforma e o vídeo rapidamente se espalhou


Netflix aumenta o preço de suas mensalidades no Brasil, confira quanto custará cada plano

Netflix aumenta o preço de suas mensalidades no Brasil, confira quanto custará cada plano

O básico, com tela única e sem HD, passou de R$19,90 para R$21,90


Tim Berners-Lee, criador do www, faz reflexão no aniversário de 30 anos de criação da web

Tim Berners-Lee, criador do www, faz reflexão no aniversário de 30 anos de criação da web

O pai da web começou a divulgar a campanha #ForTheWeb para tornar a internet melhor


Redes sociais do Facebook ficaram fora do ar, mas já estão de volta normalmente

Redes sociais do Facebook ficaram fora do ar, mas já estão de volta normalmente

O Facebook, Instagram e o WhatsApp estavam com instabilidade em diversos lugares do mundo


Comunidade do Reddit cria wallpapers para família S10 que disfarçam furo das câmeras frontais

Comunidade do Reddit cria wallpapers para família S10 que disfarçam furo das câmeras frontais

De Minions a Star Wars e até um iPhone, seu Galaxy S10 pode ter um wallpapers bem divertido