Ministério Público entra com ação para Google deletar vídeos de YouTubers crianças
Créditos: YouTube

Ministério Público entra com ação para Google deletar vídeos de YouTubers crianças

De acordo com os promotores, YouTube estaria burlando leis sobre propaganda infanto-juvenil

A Google se tornou alvo de uma ação civil do Ministério Público de São Paulo, que busca que a empresa delete de sua plataforma de vídeos publicações de YouTubers mirins que possam ser interpretadas como propagandas de brinquedos.

A maioria dos conteúdos envolvem crianças abrindo pacotes de brinquedos, em gravações no estilo unboxing. Um deles, por exemplo, mostra a abertura da coleção de bonecas LOL da Candide.

De acordo com a Folha de S. Paulo, o novo processo tem sua inspiração em outro movido contra a Mattel. Em junho de 2018, o Procon determinou o pagamento de uma multa de R$ 407.000 contra a fabricante de brinquedos por propaganda abusiva para um público infantil.

Segundo o Estado de Minas, o vídeo tinha sido publicado pela YouTuber mirim Julia Silva e envolvia uma promoção com uma boneca de Monster High. Na ação, ela dava incentivos para seguidores do canal cumprirem desafios. Quem se saísse melhor, ganharia bonecas de Monster High e um encontro com a YouTuber.

“Diante do abuso propiciado pela publicidade indireta por meio da ação de youtubers mirins, a plataforma Youtube, que não é destinada a menores de 18 anos, mantém-se inerte em relação às comunicações mercadológicas abusivas praticadas em face do público infanto-juvenil, deixando diversas crianças e adolescentes expostas a estratégias abusivas de venda ao não adequar suas políticas de uso”
- Texto da ação movida pelo Ministério Público de São Paulo

Via: Estado de Minas, Folha de S. Paulo 1, Folha de S. Paulo 2
Chrome OS 76 chega com novos controles de mídia estilo Android e desktops virtuais

Chrome OS 76 chega com novos controles de mídia estilo Android e desktops virtuais

Nova versão do sistema operacional da Google foi lançada para seus Chromebooks


Claro lança nova plataforma Claro Gaming, voltada para quem joga online

Claro lança nova plataforma Claro Gaming, voltada para quem joga online

Serviço promete conexão rápida, atendimento especializado e benefícios


OpenSignal testa velocidade de download, upload e latência da 4G em diferentes smartphones

OpenSignal testa velocidade de download, upload e latência da 4G em diferentes smartphones

A pesquisa usou aparelhos de alto, médio e baixo nível das marcas Samsung, Apple e Huawei


Google Maps recebe integração com o Lime, serviço de compartilhamento de patinetes elétricos

Google Maps recebe integração com o Lime, serviço de compartilhamento de patinetes elétricos

Novidade já está disponível para mais de 100 cidades, que incluem São Paulo e Rio de Janeiro


Apenas 12% das multas aplicadas pela Anatel foram pagas desde 1997

Apenas 12% das multas aplicadas pela Anatel foram pagas desde 1997

De um total de R$ 6,9 bilhões aplicados, foram pagos apenas R$ 827,7 milhões