Cientistas desenvolvem plástico biodegradável que não usa água fresca ou plantas
Créditos: Plastic Pollution Coalition

Cientistas desenvolvem plástico biodegradável que não usa água fresca ou plantas

Descoberta de pesquisadores de Tel Aviv deve abrir caminho para primeiros polímeros realmente biodegradáveis

Cientistas da Universidade de Tel Aviv desenvolveram um novo método para produzir polímeros biodegradáveis que deve ser responsável por gerar os primeiros plásticos realmente sustentáveis.

Isso porque a criação dos tipos de plásticos biodegradáveis que utilizamos hoje exige o gasto de outros recursos preciosos como solo para plantação e água fresca. Afinal, é necessário cultivar as plantas ou as bactérias que então serão utilizadas para a criação deste tipo de plástico.

"Plásticos levam centenas de anos para se degradar. Então garrafas, pacotes e sacolas criam 'continentes' de plástico nos oceanos, colocando em perigo animais e poluindo o meio ambiente. O plástico também é produzido de produtos de petróleo, que possui um processo industrial que libera contaminantes químicos como subproduto".
- Dr. Alexander Golberg, da Porter School of the Environment and Earth Sciences da Universidade de Tel-Aviv

A nova tecnologia evita isso ao utilizar micro-organismos que se alimentam de algas marinhas. Para isso, eles cultivaram este tipo de alga multicelular no mar, para que elas fossem comidas por esses micro-organismos.

Continua depois da publicidade

Eles também crescem em águas extremamente salgadas e são responsáveis por produzir um polímero que pode ser utilizado na criação de bioplástico.

A técnica desenvolvida pelos pesquisadores permite a criação de plásticos biodegradáveis em países que não tenham solo fértil disponível para fazê-lo de modo tradicional, como é o caso de Israel.

"Já existem fábricas que produzem este tipo de bioplástico em quantidades comerciais, mas eles usam plantas que requerem terra para agricultura e água fresca. O processo que nós propomos vai permitir que países com falta de água fresca, como Israel, China e Índia, troquem de plásticos derivados do petróleo para plásticos biodegradáveis".
- Dr. Alexander Golberg da Universidade de Tel-Aviv

Continua depois da publicidade

Via: Slash Gear Fonte: Eurekalert
Recurso de anúncios da Alexa chega para outros dispositivos compatíveis, além do Echo

Recurso de anúncios da Alexa chega para outros dispositivos compatíveis, além do Echo

Agora será possível dar seus recados em todos os dispositivos Alexa conectados


Xiaomi apresenta caneta de leitura Mi Bunny para auxiliar no aprendizado infantil

Xiaomi apresenta caneta de leitura Mi Bunny para auxiliar no aprendizado infantil

Produto tem alto-falante embutido e capacidade de ler 22 livros ilustrados


Samsung cria sistema usando IA que consegue gerar vídeos a partir de uma única imagem

Samsung cria sistema usando IA que consegue gerar vídeos a partir de uma única imagem

Os softwares de deepfake usam as redes neurais para imitar movimentos reais humanos


A Xiaomi voltou! Entenda o que muda com o retorno da chinesa ao Brasil

A Xiaomi voltou! Entenda o que muda com o retorno da chinesa ao Brasil

A empresa prometeu vender todo tipo de dispositivos contectados e seus smartphones, é claro


Ford apresenta o Digit: robô humanoide para entrega de encomendas

Ford apresenta o Digit: robô humanoide para entrega de encomendas

O robô foi desenvolvido para trabalhar com veículos autônomos e consegue carregar até 18kg