Primeiro instrumento da sonda InSight da NASA é instalado em Marte
Créditos: NASA

Primeiro instrumento da sonda InSight da NASA é instalado em Marte

Sismógrafo SEIS ajudará cientistas a deduzir a profundidade e composição das camadas do planeta

A sonda InSight da NASA implantou seu primeiro instrumento na superfície de Marte. O sismógrafo SEIS (sigla para Seismic Experiment for Interior Structure) vai estudar o interior do planeta vermelho através da análise do movimento do solo. Avaliando como as ondas sísmicas atravessam as camadas do planeta, os cientistas podem deduzir a profundidade e a composição delas.

10/12/2018 às 15:27
Notícia

NASA consegue captar "sons" de ventos de 5 a 7 metros por seg...

Os áudios podem ser escutados pelos humanos e estão disponíveis

Desde o pouso da sonda, em 26 de novembro deste ano, os cientistas da missão InSight trabalham para implantar dois instrumentos da nave em Marte - o sismógrafo SEIS e a sonda de calor HP3  (sigla para Heat Flow and Physical Properties Probe). 

Para começar as atividades do sismógrafo, eles tiveram que primeiro verificar o braço robótico da nave. Ocorreram testes no módulo de aterrissagem, certificando que os instrumentos fossem colocados como planejado. Ainda foi necessário analisar as imagens do terreno para descobrir os melhores locais para a instalação.

"O sismógrafo é o instrumento de maior prioridade da InSight. Precisamos dele para completar cerca de três quartos dos nossos objetivos científicos", afirmou Bruce Banerdt, do Laboratório de Propulsão a Jato (JPL), nos Estados Unidos. 

Na terça-feira, dia 18, os pesquisadores enviaram os comandos para a espaçonave. No dia seguinte, o sismógrafo foi colocado no chão em frente ao módulo de pouso, a 1,636 metros de distância, alcance máximo do braço robótico.

Os cientistas ainda precisarão de semanas para garantir que as informações cheguem o mais claras possível. Será necessário verificar os cabos da sonda para garantir que os dados viajem com o mínimo de ruído. 

Eles esperam comandar o braço robótico para posicionar os instrumentos WindThermal Shield sobre o sismógrafo, para estabilizar o ambiente em torno dos sensores, no início de janeiro do próximo ano.

Continua depois da publicidade

Supondo que não haja problemas, a equipe planeja implantar a HP3 ainda no fim de janeiro. 

Via: Galileu Fonte: NASA
A nave Crew Dragon da SpaceX retorna para a Terra e pousa na costa da Flórida em segurança

A nave Crew Dragon da SpaceX retorna para a Terra e pousa na costa da Flórida em segurança

Essa missão prova que a espaçonave pode transportar seres humanos em segurança