Em nota oficial, Mi Store Brasil informa que não tem vínculo com a Xiaomi
Créditos: Imagem meramente ilustrativa, não se trata da loja

Em nota oficial, Mi Store Brasil informa que não tem vínculo com a Xiaomi

Esclarecimento veio após informar ser loja autorizada Xiaomi

Estamos vivendo momentos em que muita coisa pode mudar quando o assunto é importação, a ANATEL anunciou que vai tomar providências para regulamentar o serviço e o Correios já está cobrando taxas adicionais para cada produto importado.


Logo da loja Mi Store Brasil atualmente

Nessa confusão, algumas empresas aparecem fazendo a ponte entre os fãs das marcas chinesas e os smartphones (principalmente) tão desejados aqui no Brasil. Esse é o caso da Mi Store Brasil, que importa produtos da marca chinesa Xiaomi e revende aqui no país, sem passar pelo mesmo processo que outras grandes fabricantes. Essa loja inclusive já chegou a se chamar Xiaomi Store, mas teve que mudar o nome a pedidos da própria Xiaomi, e acabou mudando para Mi Store.

Imagem meramente ilustrativa

Através da loja, que também possui um quiosque em um shopping de Blumenau, as pessoas podem comprar produtos da marca que até pouco tempo atrás afirmava ser uma revendedora autorizada, segundo reportagem veiculada pelo site Tudocelular

Para responder o site e sua publicação, a loja Mi Store Brasil escreveu uma nota em seu portal oficial e explicou em detalhes como funciona sua atuação no mercado brasileiro. 

"Mas e a matéria do Tudocelular?
Se você estava lendo este artigo e pensou que íamos deixar passar batido, se enganou, nós somos transparentes com nossos clientes e sim de maneira equivocadíssima o nosso time de desenvolvimento e marketing usou indevidamente a palavra 'Autorizada'".

Mi Store Brasil em nota oficial

A empresa fala na nota que é "uma empresa sem vínculo com a Xiaomi, mas que revende produtos Xiaomi no Brasil com a ideia de oferecer a mesma experiência aos entusiastas órfãos da marca."

Atualmente, os preços de produtos da China em sites de vendas como a Gearbest sofreram um aumento na taxa para a compra de produtos importados. Mesmo que essa taxa, marcada como custo de envio, não seja estabelecida para todos os produtos da Gearbest, já é um acréscimo considerável no produto.

13/12/2018 às 13:28
Notícia

Entenda o que pode mudar com a nova regra da ANATEL para smar...

Se você está pensando em comprar um smartphone da China ou de outro país, essa não é uma boa hora

Continua depois da publicidade

Quando o assunto é preço, a diferença entre MiStore e Gearbest, por exemplo, não chega a tanto.

Utilizamos como comparação o mesmo modelo de smartphone, o Pocophone F1 de 6GB de RAM e 64GB de armazenamento, aparelho por lançado U$300 como o mais barato a vir com Snapdragon 845.

Mi Store Brasil: R$ 1899,99 + frete (cerca de 21 dias para a entrega) 
Gearbest: R$ 1214.96 + custo de envio de R$298.41 (de 20-50 dias para entrega. (Total: R$ 1513,37) - Fora eventuais taxas extras

Gearbest e Mi Store Brasil oferecem garantia para os produtos comprados na loja, com regras que variam. 

A importação de produtos da China e os impactos no mercado brasileiro envolvendo ANATEL, correios e outros órgãos reguladores estão sendo observados de perto por nós aqui do Mundo Conectado.

Apesar de notarmos muitas mudanças e movimentações, ainda não há grandes definições para os consumidores. Fique atento aqui no site que te contaremos todas as novidades sobre o assunto.

Fato é que esses produtos não são homologados oficialmente como modelos de marcas com representação no Brasil, como Apple, Asus, LG, Motorola, Samsung, entre outras. O consumidor tende a ficar do lado do que for melhor para ele, apesar de ter vários questionamentos nesse processo comparado com as empresas que buscam entrar de forma legal como a burocracia manda, e consequentemente, entregando produtos com custos maiores já que possuem uma estrutura maior de gastos e impostos.

Continua depois da publicidade

Enfim, é um assunto muito discutido nos dias atuais, e que ainda vai dar muito pano pra manga.

Fonte: Mi Store Brasil, Tudocelular
Smartband Mi Band 4 pode ter suporte para Bluetooth 5.0 e versão com NFC

Smartband Mi Band 4 pode ter suporte para Bluetooth 5.0 e versão com NFC

A pulseira da Xiaomi deve trazer o dobro de velocidade e mais autonomia que a antecessora


Samsung anuncia oficialmente o Galaxy A20, com tela de 6,4'' Super AMOLED Infinity-V

Samsung anuncia oficialmente o Galaxy A20, com tela de 6,4'' Super AMOLED Infinity-V

Smartphone intermediário chega primeiro na Rússia com Exynos 7884 e 4.000 mAh de bateria


Asus vai atualizar o ZenFone Max Pro M1, M2 e Max M2 para o Android 9 Pie até 15 de abril

Asus vai atualizar o ZenFone Max Pro M1, M2 e Max M2 para o Android 9 Pie até 15 de abril

A empresa já tinha divulgado eles iriam receber a atualização, mas não tinha informado a data


Call of Duty Mobile é anunciado para Android e iOS em parceria com a Tencent

Call of Duty Mobile é anunciado para Android e iOS em parceria com a Tencent

Jogo só teve modo multiplayer confirmado até agora e será desenvolvido pela mesma equipe de PUBG Mobile


Apple atualiza linhas iPad Air e iPad Mini com novo chip e suporte para Pencil

Apple atualiza linhas iPad Air e iPad Mini com novo chip e suporte para Pencil

Preços partem de R$ 3.499 e podem atingir R$ 6.799 com iPad Air de 256GB com 4G