Tesla processa ex-funcionário por danos de U$ 167 milhões
Créditos: TED.com

Tesla processa ex-funcionário por danos de U$ 167 milhões

O processo da montadora alega roubo e divulgação de informações proprietárias

A Tesla está processando Martin Tripp, ex-funcionário da empresa, por danos de US$167 milhões (aproximadamente R$648,2 milhões). A fabricante de veículos elétricos entrou com uma ação contra Tripp em junho deste ano, acusando-o de roubar um grande volume de informações da empresa e distribuí-las a pessoas de fora, além de fazer falsas alegações a repórteres. 

No processo original, a empresa disse que Tripp "admitiu ter escrito um software que hackeou o sistema operacional de fabricação da Tesla e transferiu vários gigabytes de dados da Tesla para entidades externas", incluindo fotografias e vídeos confidenciais do sistema.

Tripp já havia alegado em várias entrevistas à imprensa que a Tesla estava engajada em práticas de fabricação ruins em sua fábrica de baterias fora de Reno, Nevada, e que pode ter usado módulos de bateria danificados em seus veículos Modelo 3, representando um risco para os motoristas. Tripp também twittou fotos do que ele disse que eram imagens mostrando as falhas na fabricação de Tesla e o manuseio de sucata na fábrica de baterias de lítio. O Twitter retirou a conta de Martin Tripp do ar.

Continua depois da publicidade

Capturas de tela da Wayback Machine

O advogado do ex-funcionário, Robert D. Mitchell, descreveu o valor que a Tesla está exigindo como "absurdo".

"O alegado montante de danos alegado pela Tesla está relacionado a supostos aumentos no preço das ações da Tesla em virtude das informações que o Sr. Tripp forneceu à imprensa no verão passado".

 

Continua depois da publicidade

De acordo com o mesmo documento judicial que informou o valor da ação, publicado em 27 de novembro, a Tesla "se opôs ao desejo de Tripp de receber mais de dez depoimentos". A empresa  se recusou a disponibilizar Musk e procurou limitar o número de pessoas que a equipe de defesa da Tripp no escritório de advocacia Tiffany & Bosco desejava para os depoimentos. Esse assunto ainda deve render mais problemas judiciais até ter seu rumo definido.

Via: Engadget Fonte: CNBC
Motorola One Vision recebe certificados e pode ser lançado em breve

Motorola One Vision recebe certificados e pode ser lançado em breve

Celular já apareceu na FCC, Bluetooth SIG, Google ARCore e agora na NBTC também


Apple e Qualcomm fecham acordo e colocam fim em guerra judicial

Apple e Qualcomm fecham acordo e colocam fim em guerra judicial

O embate de dois anos terminou, e possivelmente todo mundo vai sair ganhando


Elon Musk salvando o mundo? Nasa e SpaceX fazem parceria para desviar rota de asteroide

Elon Musk salvando o mundo? Nasa e SpaceX fazem parceria para desviar rota de asteroide

O objetivo do programa de testes é evitar que objetos espaciais colidam com a Terra


Google e Huawei vão ter que pagar até US$ 400 para donos do Nexus 6P depois de processo

Google e Huawei vão ter que pagar até US$ 400 para donos do Nexus 6P depois de processo

Defeito no smartphone em seu lançamento vai custar um total de US$ 9,75 milhões em indenizações


Primeiro trailer de Star Wars: The Rise of Skywalker faz Twitter quebrar momentaneamente

Primeiro trailer de Star Wars: The Rise of Skywalker faz Twitter quebrar momentaneamente

Além de ser sucesso nas hashtags, o novo Star Wars fez a rede social parar por alguns momentos