Tesla processa ex-funcionário por danos de U$ 167 milhões
Créditos: TED.com

Tesla processa ex-funcionário por danos de U$ 167 milhões

O processo da montadora alega roubo e divulgação de informações proprietárias

A Tesla está processando Martin Tripp, ex-funcionário da empresa, por danos de US$167 milhões (aproximadamente R$648,2 milhões). A fabricante de veículos elétricos entrou com uma ação contra Tripp em junho deste ano, acusando-o de roubar um grande volume de informações da empresa e distribuí-las a pessoas de fora, além de fazer falsas alegações a repórteres. 

No processo original, a empresa disse que Tripp "admitiu ter escrito um software que hackeou o sistema operacional de fabricação da Tesla e transferiu vários gigabytes de dados da Tesla para entidades externas", incluindo fotografias e vídeos confidenciais do sistema.

Tripp já havia alegado em várias entrevistas à imprensa que a Tesla estava engajada em práticas de fabricação ruins em sua fábrica de baterias fora de Reno, Nevada, e que pode ter usado módulos de bateria danificados em seus veículos Modelo 3, representando um risco para os motoristas. Tripp também twittou fotos do que ele disse que eram imagens mostrando as falhas na fabricação de Tesla e o manuseio de sucata na fábrica de baterias de lítio. O Twitter retirou a conta de Martin Tripp do ar.

Capturas de tela da Wayback Machine

O advogado do ex-funcionário, Robert D. Mitchell, descreveu o valor que a Tesla está exigindo como "absurdo".

"O alegado montante de danos alegado pela Tesla está relacionado a supostos aumentos no preço das ações da Tesla em virtude das informações que o Sr. Tripp forneceu à imprensa no verão passado".

 

De acordo com o mesmo documento judicial que informou o valor da ação, publicado em 27 de novembro, a Tesla "se opôs ao desejo de Tripp de receber mais de dez depoimentos". A empresa  se recusou a disponibilizar Musk e procurou limitar o número de pessoas que a equipe de defesa da Tripp no escritório de advocacia Tiffany & Bosco desejava para os depoimentos. Esse assunto ainda deve render mais problemas judiciais até ter seu rumo definido.

Via: Engadget Fonte: CNBC
Nova vulnerabilidade do Bluetooth, Knob Attack, deixa dispositivos abertos à ataques

Nova vulnerabilidade do Bluetooth, Knob Attack, deixa dispositivos abertos à ataques

Esse bug permite que hackers encurtem o código de criptografia e invadam os dispositivos


Robô Curiosity da NASA completa 7 anos em Marte

Robô Curiosity da NASA completa 7 anos em Marte

O pequeno astromóvel pousou em 2012 no planeta para auxiliar nas pesquisas


Tesla trabalha em solução para corrigir perigoso bug no Dog Mode

Tesla trabalha em solução para corrigir perigoso bug no Dog Mode

Caso usuário configure manualmente a velocidade do ventilador o carro esquenta muito além do esperado


Nova bateria industrial Tesla Megapack ajudará redes elétricas sobrecarregadas

Nova bateria industrial Tesla Megapack ajudará redes elétricas sobrecarregadas

Tecnologia promete substituir usinas especiais que operam em momentos de pico


Carros da Tesla vão receber streaming da Netflix e YouTube em breve

Carros da Tesla vão receber streaming da Netflix e YouTube em breve

Vídeos só vão funcionar com o carro parado, por enquanto