Moto G7 é homologado pela Anatel com bateria menor do que o esperado
Créditos: OnLeaks

Moto G7 é homologado pela Anatel com bateria menor do que o esperado

Dispositivo deverá ter 2.820mAh de capacidade, menos do que era esperado anteriormente

O smartphone Motorola Moto G7 foi homologado pela agência reguladora de telecomunicações do Brasil, a Anatel, com parte de suas especificações tendo sido reveladas a partir disso.

16/11/2018 às 15:10
Notícia

Vazam especificações do Moto G7 com Snapdragon 660 e 4GB+64GB...

Smartphone deve chegar ao mercado em fevereiro de 2019

A principal delas é a capacidade da bateria do smartphone, que teria 2.820mAh, abaixo da média do mercado. A expectativa anterior, segundo rumores, era do que o dispositivo teria 3.000mAh, mais próximo da maioria de seus concorrentes.

No site da Anatel, a bateria é descrita como o número de produto JG40 e foi produzida pela companhia Amperex. Ela foi homologada no Brasil no mesmo dia que o Moto G7 (XT1965-2).

Mas o que leva a crer que essa bateria de 2.820mAh pertece ao novo intermediário da Motorola é que ela faz parte da lista de acessórios do smartphone na agência reguladora FCC, dos EUA.

O Moto G7 deverá ser impulsionado pelo chipset Qualcomm Snapdragon 660, bem mais poderoso do que o Snapdragon 450 presente no Moto G6 (que tem 3.000mAh de bateria).

 

Continua após a publicidade

Por outro lado, esse poder extra acaba consumindo mais bateria, o que faz com que a redução de capacidade seja ainda mais complicada para o dispositivo.

Via: Tecmundo Fonte: Tiger Mobiles
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou parao PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Conheça o Luna! O novo serviço de STREAMING de JOGOS da Amazon

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.