Bredan Iribe, cofundador de Oculus VR deixa empresa depois de 6 anos

Bredan Iribe, cofundador de Oculus VR deixa empresa depois de 6 anos

O visionário tem um currículo invejável e acha a saída necessária para refletir e ser criativo

Uma das figuras mais importantes do cenário de desenvolvimento em realidade virtual está deixando uma das pioneiras na tecnologia. Bredan Iribe está deixando a Oculus VR depois de 6 anos na empresa, ele atuou desde 2012 e, segundo ele, foram "seis anos incríveis".

Iribe agradeceu aos fãs pelo apoio e disse que sua saída é necessária para recarregar, refletir e ser criativo, uma pausa estratégica em seus trabalhos. Ele tem uma carreira de poucos, passando pela criação da Scaleform, que foi comprada pela Autodesk e também trabalhando para a Gaikai antes de a Sony comprar a empresa em 2012. 

Com esse currículo, é de se esperar que o cofundador de uma das maiores empresas em realidade virtual tenha algum negócio tecnológico em mente para um futuro próximo e vale a pena gravar seu nome. Você pode conferir a carta de Bredan Iribe no facebook aqui. 

Facebook e os investimentos em realidade virtual

Em 2016, o Facebook, empresa que comprou a Oculus VR, fez uma grande demonstração da utilização da realidade virtual e mostrou que não está poupando investimentos na área.

No ano passado a empresa falou um pouco das possibilidades do VR em uma apresentação que mostrava o impacto do furacão Maria em Porto Rico, sendo inclusive muito criticado por isso. Mês passado o Facebook anunciou o Oculus Quest, óculos de realidade virtual de US$ 399 e que vem com um catálogo de mais de 50 jogos

Via: TechPowerUp
Instagram vai permitir que usuários sinalizem conteúdos publicados com Fake News

Instagram vai permitir que usuários sinalizem conteúdos publicados com Fake News

Medida da rede social tem como objetivo diminuir o alcance de informações falsas


Whatsapp deve ter funcionalidade de Boomerang em breve

Whatsapp deve ter funcionalidade de Boomerang em breve

O aplicativo de mensagens do Facebook traz novidades para se manter forte contra o Telegram


Criptomoeda com CEO de 12 anos quer revolucionar as transações em games

Criptomoeda com CEO de 12 anos quer revolucionar as transações em games

A empresa Pocketful of Quarters recebeu luz verde para lançar seu token, que poderá ser usado em diversos jogos


Facebook vai pagar US$5 bilhões para encerrar investigação sobre o caso Cambridge Analytica

Facebook vai pagar US$5 bilhões para encerrar investigação sobre o caso Cambridge Analytica

Essa é a maior multa já aplicada pela FTC em toda a sua história


EUA inicia nova investigação comercial mirando empresas como Google e Facebook

EUA inicia nova investigação comercial mirando empresas como Google e Facebook

O Departamento de Justiça quer saber se a dominância das companhias está atrapalhando o mercado