Microsoft investe cerca de US$73 milhões em 332 acres de terras na Virgínia nos EUA

Microsoft investe cerca de US$73 milhões em 332 acres de terras na Virgínia nos EUA

A empresa ainda não se pronunciou a respeito de seus planos para o novo espaço

A Microsoft efetuou a compra de cerca  332 acres de terras que eram da empresa Peterson Cos, em Leesburg, Loudoun County, Virgínia - EUA, por quase US$73 milhões. Dentro das terras está presente um Walmart e um Centro Internacional de Treinamento Ion, que já estão em construção na área adquirida pela empresa de softwares.

A Microsoft ainda não se pronunciou para informar quais os planos para o novo espaço. Há especulações de que a empresa vai investir na construção de novos Data Centers, que são vitais para o funcionamento de empresas do ramo, já que é nesses centros de processamento que ficam todos os equipamentos de processamento e armazenamento de dados, e também sistemas de ativos de rede.

Um representante da Microsoft falou com o Washington Business Journal, e informou apenas que "a microsoft está continuamente explorando novas oportunidades para apoiar operações comerciais" e que "há interesse em investimento na Virgínia." Mas disse também que "não tem nenhuma informação para compartilhar no momento", sobre o investimento.

Por outro lado, Buddy Rizer, diretor de desenvolvimento econômico de Loudoun, declarou: "estou muito empolgado com o fato de a Microsoft ter assumido esse compromisso com o condado de Loudoun". E complementou dizendo "estou muito confiante de que este será um campus de muito sucesso para o futuro de uma das grandes empresas do mundo".

A Microsoft está fazendo diversos investimentos em data centers nos últimos meses. A empresa já começou a construção dos centros de processamento de dados na Noruega, para alimentar seus serviços em nuvem no país. Também está efetivando seu projeto de data center submarino ao largo da costa do European Marine Energy Center em Orkney, Escócia.

Via: Neowin
User img

Ana Luiza Pedroso

DJI anuncia que começará a fabricar drones governamentais dentro dos EUA

DJI anuncia que começará a fabricar drones governamentais dentro dos EUA

Companhia busca fortalecer confiança norte-americana em meio a guerra fiscal com a China


Rumores sugerem que novo dispositivo dobrável da Microsoft chegará em 2020

Rumores sugerem que novo dispositivo dobrável da Microsoft chegará em 2020

O produto pode vir com SOC Intel Lakefield e a nova versão do Windows 10 OS


Bill Gates diz que Microsoft não ocupar espaço que hoje é do Android foi seu maior erro

Bill Gates diz que Microsoft não ocupar espaço que hoje é do Android foi seu maior erro

Fundador diz que seu erro impediu empresa de ser a maior do mundo, em vez de uma das maiores


Estados Unidos proíbem a venda de tecnologia para supercomputadores chineses

Estados Unidos proíbem a venda de tecnologia para supercomputadores chineses

A medida que restringe a exportação de componentes deve interromper os avanços do setor


Executivo da DJI tenta tranquilizar clientes em entrevista:

Executivo da DJI tenta tranquilizar clientes em entrevista: "seus dados são só seus"

Jan Gasparic afirmou que os negócios da DJI não tem nada a ver com dados, só com drones