Watch Series 4 ganha tela maior, detecta quedas e faz eletrocardiogramas

Watch Series 4 ganha tela maior, detecta quedas e faz eletrocardiogramas

Vestível manteve mesmo tamanho graças a bordas mais estreitas em torno da tela

A Apple anunciou a nova geração de seu relógio inteligente o Watch Series 4. O vestível agora possui uma tela maior sem aumentar de tamanho graças a um design que aproveita melhor a área frontal e novas funcionalidades de monitoramento da rotina e da saúde do usuário.

Site oficial do produto.

A tela agora é 35% maior no modelo mais compacto e 32% maior no modelo de 44mm comparado às versões do Watch da geração anterior. Isso foi possível graças a bordas mais finas em torno da tela, enquanto a espessura foi levemente reduzida. O design das pulseiras foi mantido, então será possível usar as mesmas disponíveis para versões mais antigas do relógio da Apple.

Um dos principais focos do novo vestível foi o monitoramento do usuário. Além de manter funções como detectar automaticamente realização de exercícios físicos e momentos de atividade, agora o Watch detecta acidentes como quedas e pode de forma ágil fazer o envio de pedido de ajuda, caso o usuário esteja ferido, ou mesmo fazer de forma automatizada uma ligação para a emergência se perceber que a pessoa está imóvel por muito tempo.

A Apple aprofundou as capacidades de monitorara saúde do consumidor através do Watch

Monitoramento da saúde também foi um tópico importante, e agora além de verificar o ritmo e a regularidade dos batimentos cardíacos, o Watch Series 4 possui um eletrocardiograma embutido, exame relevante para verificar a saúde do coração. A Apple conseguiu a aprovação da FDA, agência federal do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, e vai disponibilizar o serviço aos consumidores ainda esse ano.

A performance foi incrementada com o novo chip S4 que promete duas vezes mais desempenho que o antecessor, e a conetividade foi melhorada com o uso da conexão Bluetooth 5.0. A autonomia é estimada em 18 horas, ou seja, é um dispositivo que precisa ser recarregado todo dia. Para atividades físicas que usem de forma constante o GPS, a bateria deve durar em torno de 6 horas.

O Watch estará disponível nas cores preta, prata e dourada, e a pré-compra já pode ser feita no exterior a partir do dia 14 de setembro. Seu preço sugerido é de US$ 399 na versão mais básica, que já inclui um GPS embarcado, enquanto a versão com conectividade LTE sai por US$ 499. O Brasil está de fora da lista dos países que estarão na primeira e também segunda leva a receber o produto. Mais informações estão disponíveis no site oficial do produto.

Somente 10% dos americanos gastam US$ 1.000 ou mais em um novo smartphone

Somente 10% dos americanos gastam US$ 1.000 ou mais em um novo smartphone

Pesquisa apontou também que, em grandes cidades dos EUA, este porcentual é maior


Logitech lança 4K Pro Magnetic, webcam feita para o Apple Pro Display XDR

Logitech lança 4K Pro Magnetic, webcam feita para o Apple Pro Display XDR

Câmera chega pelo preço de lançamento de U$200


Mac Pro da Apple pode chegar no Brasil custando até R$ 429 mil

Mac Pro da Apple pode chegar no Brasil custando até R$ 429 mil

O preço mais barato do computador profissional deverá ser R$ 56 mil


Apple disponibiliza atualização 13.3 para iOS, iPadOS e tvOS

Apple disponibiliza atualização 13.3 para iOS, iPadOS e tvOS

Para dispositivos com watchOS, a atualização 6.1.1 também está disponível.


Xiaomi Amazfit GTR

Xiaomi Amazfit GTR

Confira a ficha técnica