Google está trabalhando para dar um fim às URLs - "elas meio que são horríveis"

Google está trabalhando para dar um fim às URLs - "elas meio que são horríveis"

Empresa não revelou as opções que considera e admite que tarefa não será nada fácil

O Google Chrome completou 10 anos hoje, com seu aniversário, ganhou uma nova versão para o navegador. Mas o time da Google por trás do aplicativo não se resume apenas a trazer melhorias para os produtos da empresa e tem trabalhado em algo que vai impactar todos os usuários da internet: o fim da URL.

05/09/2018 às 13:17
Notícia

Google Chrome celebra aniversário de 10 anos com novidades

O navegador da Google ganhou novas funcionalidades e mudança no design

Foi sobre isso que o time conversou com a publicação Wired, que entrevistou membros da equipe que falaram sobre o problema atual dos endereços na internet. URL significa Uniform Resource Locators (localizadores uniformes de recursos) e é o que usamos para acessar um site. A URL contém informações de onde estão hospedados os dados, o caminho que eles fazem para ser carregados no seu computador ou celular e etc. O problema é que, conforme a internet cresceu e se expandiu tanto, as URLs foram ficando cada vez maiores e hoje em dia, muitas vezes, são um amontoado de letras e números embaralhados que não fazem sentido para ninguém.

Como a Wired destaca, essa situação é especialmente complicada porque dá margem para hackers e outros agentes maliciosos enganarem os usuários para encaminhá-los a sites que fingem ser os originais para roubar todo tipo de informação, já que muitas vezes não dá pra notar a diferença olhando a URL somente. E esse é um dos principais motivos para o Google querer acabar com elas, como explica Adrienne Porter Felt, gerente de engenharia da equipe do Chrome:

"As pessoas realmente têm dificuldade para entender as URLs. Elas são difíceis de ler, é difícil saber qual parte delas deveria ser confiável, e no geral eu não acho que as URLs estejam funcionando de um jeito bom para demonstrar a identidade de um site. Então nós queremos caminhar em direção a um lugar onde a identidade na web seja entendível para todo mundo — que os usuários saibam com quem estão falando quando usarem um site e que eles possam decidir se podem ou não confiar nele."

É claro que a Google sabe que uma mudança desse tamanho não seria algo simples de ser implementado e certamente não vai ser bem recebido por todo mundo. É o que comenta Parisa Tabriz, diretora de engenharia do time:

"Não sei como que isso vai ficar, porque é uma discussão ativa no time ainda agora. Mas o que eu sei é que qualquer coisa que propusermos vai ser controversa. Esse é um dos desafios com uma plataforma muito antiga, aberta e abrangente. Mudanças serão controversas, não importa que forma tenham. Mas é importante que façamos algo, porque todo mundo está insatisfeito com as URLs. Elas meio que são horríveis."

Continua após a publicidade

Até por esses motivos, representantes da empresa afirmam que ainda não estão prontos para comentar sobre as opções que estão trabalhando e considerando para solucionar o problema, já que o assunto ainda gera discussões dentro da própria equipe do Chrome. A Google, no entanto, afirma que deve falar mais publicamente sobre suas ideias até a metade do próximo ano.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Mundo Conectado para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Wired
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Procurando um celular bom, bonito e barato? O OnePlus Nord 2 5G pode ser uma boa opção

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.