Xiaomi lança Pocophone F1 na Europa e na Ásia

Xiaomi lança Pocophone F1 na Europa e na Ásia

Topo de linha segue com preços convidativos e com o poderoso SoC Snapdragon 845

A fabricante de eletrônicos chinesa Xiaomi lançou o smartphone topo de linha com preço acessível Pocophone F1 em mercados internacionais, incluindo países da Europa e da Ásia. Para isso, a empresa fez apresentações oficiais em Paris (França), Jacarta (Indonésia) e Hong Kong.

Site oficial: Xiaomi Pocophone F1

De acordo com o site GSMArena, durante as keynotes, os representantes da Xiaomi detalharam os preços e outras informações de lançamento do dispositivo.

22/08/2018 às 08:55
Notícia

Pocophone F1 agora é o smartphone mais barato do mundo com Sn...

Xiaomi lança seu novo aparelho na Índia com foco em custo x benefício

Na França, o Pocophone F1 vai custar a partir de €330 (R$ 1.575 na conversão direta) numa configuração com 6GB de memória RAM e 64GB de espaço interno para armazenamento.

Enquanto isso, a alternativa com 6GB/128GB sairá €370 (R$ 1.765). Na Espanha, o dispositivo estará disponível a partir do dia 30 de agosto por €300 (R$ 1.430) pelo modelo mais barato. Espera-se valores parecidos para o resto da Europa, onde o smartphone também deve ser vendido.

  

O topo de linha com preço acessível da Xiaomi vai chegar no mesmo dia 30 em Hong Kong, por HK$ 2.800 (R$ 1.455) pelo modelo de 6GB/128GB,

Continua após a publicidade

Para finalizar, na Indonésia, a opção de 6GB/64GB vai sair por RP 4,4 milhões (R$ 1.235). Já o modelo de 6GB/128GB sai por RP 4,9 milhões (R$ 1.375) e a Armored Edition (com traseira em Kevlar) sair por R$ 5,9 milhões (R$ 1.660).

  

O Pocophone F1 surpreende ao trazer o chipset topo de linha Snapdragon 845 – o mesmo encontrado em aparelhos como Galaxy Note 9, LG G7 ThinQ e OnePlus 6. Além disso, ele tem tela IPS LCD de 6,18 polegadas e resolução Full HD+ (2246 x 1080 pixels). Na traseira, há um sistema de dual-câmera com 12MP + 5MP, enquanto a câmera de selfie é de 20MP.

Via: GSMArena
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou parao PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.