Pesquisa revela que 27% dos gamers não estão finalizando suas compras online

Pesquisa revela que 27% dos gamers não estão finalizando suas compras online

SuperData divulga dados de finalização de compras online estão diminuindo

SuperData, empresa de soluções e pesquisa em games, mostra que retardar check out dos gamers faz com que eles desistam de suas compras. A porcentagem mundial é de 27% não finalização de compras online. Um dos aspectos mais cobrados é o fato de que as plataformas não oferecem o modo de pagamento que mais se adequa às suas preferências do consumidor, fazendo com que o processo fique lento e diminua o interesse. 

"Um dos aspectos mais facilmente negligenciados do mercado de jogos digitais, as opções de pagamento, são mais vitais para o desempenho do que os editores e plataformas percebem" diz a SuperData.

Na Europa 54% de compras são abandonadas na hora de escolher o modo de pagamento, nos USA o número é menor, chegando quase em 50%, na America Latina diminui ainda mais 43% de desistência. A SuperData afirma que a porcentagem de desistência na América é menor pois: "Os clientes se acostumaram a se adaptar a sistemas inconvenientes e estão dispostos a experimentar alternativas se seu método favorito não for suportado".

Segundo a pesquisa o mercado mais complicado é o da América Latina. No Brasil, 5% dos pagamentos são feitos por meio de boleto bancário. Na Argentina, 15%  dos pagamentos são feitos pelo PagoFacil, ambos serviços feitos sem a necessidade do cliente possuir uma conta em uma agência bancária. Para a SuperData, "Esses métodos são inconvenientes e não propiciam compras por impulso".

O método de pagamento favorito é o PayPal, com 26% de preferência entre os consumidores em todo o mundo, seguido da opção cartão de crédito. A criptomoeda, que é um método considerado mais seguro para efetuar esses tipos de pagamentos, tem taxa de adesão de jogadores de apenas 2%.

16/08/2018 às 10:59
Notícia

Moedas virtuais como Bitcoin e Ether continuam desvalorizando

Quedas nos preços das criptomoedas causam pânico em investidores

 

Via: TechPowerUp
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.