HTC continua em queda no mês de julho prejuízo chega a US$ 68,3 milhões

HTC continua em queda no mês de julho prejuízo chega a US$ 68,3 milhões

A empresa pioneira com o sistema Android está perdendo espaço no mercado

HTC fechou julho com 37% de baixa em relação ao mês de junho, em comparação com julho de 2017, a queda foi de 77%. A empresa que está ativa desde o ano de 1997 não esteve tão mal desde 2003 e promete corte de gastos com a demissão de 1500 empregados industriais até o mês de setembro. 

03/07/2018 às 10:51
Notícia

HTC dispensa 22% de seus empregados durante reestruturação

Empresa pretende reorganizar operações para otimizar ganhos

Nem mesmo o lançamento do HTC12+  em maio de 2018 está conseguindo por a empresa novamente em destaque, ela segue em declínio nas pesquisas e perdendo espaço no mercado. Isso fez o segundo trimestre de 2018 encerrar com um prejuízo de US$ 68,3 milhões. 

Apesar da queda, o primeiro semestre de 2018 se encerra com receita positiva de US$ 621 milhões, isso graças a uma parceria com a Google que fez gerar US$ 1,1 bilhão para a empresa, mas ainda assim o lucro é 54% menor do que em comparação com a do ano passado. 

 

Via: Phone Arena Fonte: DigiTimes
Foxconn encerra 50.000 contratos antes do esperado por queda nas vendas de smartphones

Foxconn encerra 50.000 contratos antes do esperado por queda nas vendas de smartphones

Decisão pode ter sido acelerada também pelas baixas vendas de iPhones em especial


HTC revela novo headset VR semi-portátil na CES 2019: Vive Cosmos

HTC revela novo headset VR semi-portátil na CES 2019: Vive Cosmos

A empresa afirma que será o headset VR mais nítido de todos os tempos


Depois de anos como empresa privada, Dell volta a comercializar ações públicas

Depois de anos como empresa privada, Dell volta a comercializar ações públicas

Empresa entrou na New York Stock Exchange na última sexta-feira valendo US$ 46 por ação


Huawei cumpre promessa e bate seu recorde com 200 milhões de smartphones enviados em 2018

Huawei cumpre promessa e bate seu recorde com 200 milhões de smartphones enviados em 2018

Linhas P20, Mate 20 e Nova foram os principais destaques para a companhia este ano