Moderar discurso de ódio no Reddit é praticamente impossível, diz CEO

Moderar discurso de ódio no Reddit é praticamente impossível, diz CEO

Declaração foi dada durante conversa com usuário

O Reddit é um dos maiores sites de fóruns da internet e, graças a sua proporção, é um local onde conteúdos violentos ou com discurso de ódio podem aparecer. Em uma conversa com um usuário, o CEO da plataforma, Steve Huffman, disse que é praticamente impossível controlar isso dentro do site.

A declaração foi dada durante uma conversa privada com um usuário chamado Zachary Swanson, que procurou o CEO da plataforma para falar sobre a ausência de moderação em casos de discurso de ódio no site.

Huffman disse que é praticamente "impossível impor uma forma consistente" de combate ao discurso de ódio dentro da plataforma. Indo na contra-mão de empresas como o Twitter e Facebook, ele disse que não é papel do Reddit decidir o que as pessoas podem ou não falar.

Após a conversa com o CEO, Zachary Swanson resolveu publicar os prints das mensagens no Reddit. Apesar do discurso de Huffman, o usuário foi banido por uma semana da rede social acusado de ter cometido assédio dentro do site.

Após divulgar a conversa, o usuário foi banido

No passado, o CEO do Reddit também já esteve envolvido em outras polêmicas do tipo. Uma das mais recentes aconteceu em abril, quando casos de racismo foram relatados dentro da rede social e ele se recusou a fazer a moderação dos conteúdos.

Na época, Huffman disse que a melhor forma de combate a este tipo de conteúdo é por meio de conversas abertas, e não moderação. "A melhor defesa contra o racismo e outras visões repugnantes tanto no Reddit quanto no mundo é repudiar essas visões em uma conversa livre, ao invés de tentar controlar o que as pessoas podem e não podem dizer".

Via: Ars Technica
User img

Mateus Mognon

Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.