Huawei irá promover anúncio do Honor Note 10 em breve

Huawei irá promover anúncio do Honor Note 10 em breve

Conta oficial da sub-marca Honor em rede social fez provocação com novo smartphone

A Huawei irá anunciar em breve o smartphone topo de linha Honor Note 10, conforme provocou a própria sub-marca Honor em sua página oficial na rede social chinesa Weibo.

A companhia publicou o pôster que pode ser conferido na imagem abaixo, confirmando que eles não irão lançar um Honor Note 9, ao invés disso indo direto para o anúncio do Note 10.

A data do evento de apresentação do dispositivo não foi confirmada, masa sabe-se que ele acontecerá em Pequim, na China.

De acordo com o site GSMArena, o Honor Note 10 deverá ter uma grande tela de 6,9 polegadas fabricada pela Samsung.

Um rumor recente apontou que o smartphone teria uma bateria de 6.000mAh. Ainda segundo o GSMArena, porém, a informação não procede.

A expectativa é que o dispositivo traga o chipset Kirin 970, o mesmo encontrado nos smartphones Huawei Honor 10, Huawei P20 Pro e Huawei Mate 10 Pro.

Via: GSMArena Fonte: Weibo

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.

Samsung Galaxy S20 5G

Samsung Galaxy S20 5G

Confira a ficha técnica


WhatsApp apresenta problemas e não está enviando fotos e vídeos

WhatsApp apresenta problemas e não está enviando fotos e vídeos

Instabilidade começou na manhã deste domingo (19) e também afeta recursos como o Status


Android R 11 aparece pela primeira vez em benchmark feito através do Pixel 4

Android R 11 aparece pela primeira vez em benchmark feito através do Pixel 4

Teste realizado no Geekbench pode ser indicío que a Google vem trabalhando na nova versão do seu sistema operacional


Samsung Galaxy S20 Ultra 5G

Samsung Galaxy S20 Ultra 5G

Confira a ficha técnica


Sophos alerta contra apps que cobram assinaturas mesmo depois de desinstalados

Sophos alerta contra apps que cobram assinaturas mesmo depois de desinstalados

Aplicativos não podem ser considerados malware ou vírus, mas podem dar prejuízo