Polícia Federal prende CEO da General Electric durante operação em São Paulo

Polícia Federal prende CEO da General Electric durante operação em São Paulo

Executivo foi preso por causa de atuação passada na Philips

Durante a "Operação Ressonância" da Polícia Federal, dois executivos de empresas de tecnologia foram presos. Essa operação é um desdobramento da investigação "Fratura Exposta" que tem objetivo de investigar esquemas de corrupção envolvendo multinacionais fornecedoras de material hospitalar, envolvidas em fraudes em licitação e formação de cartel. 

Os agentes da PF compareceram nessa quarta-feira na Vila Ipojuca, Zona Oeste de São Paulo, e na sede da Philips, em Barueri, na Grande São Paulo. Um dos presos pela PF foi o atual CEO da General Electric (GE) na América Latina, Daurio Speranzini Jr, que também é ex-executivo da Philips. A prisão ocorreu por causa de sua atuação na empresa Philips no passado.

"Quaisquer investigações sobre possíveis violações dessas leis são tratadas muito seriamente pela empresa"
- disse porta-voz da Philips em comunicado.

A Philips informou em uma nota que "ainda não teve acesso ao processo, no entanto, está cooperando com as autoridades para prestar quaisquer esclarecimentos quanto às alegações apresentadas, que datam de muitos anos atrás". Um colaborador da equipe de vendas da Philips prestou esclarecimentos e disse que os "atuais líderes executivos da Philips não são parte da ação da Polícia Federal".

05/04/2018 às 21:25
Notícia

Facebook toma multa de R$ 111 milhões no Brasil por não coop...

Empresa negou quebra de sigilo para Operação Maus Caminhos, no Amazonas

Sobre a operação:
No início da operação Fatura Exposta, em abril de 2017, foram presos Sérgio Côrtes, ex-secretário de Saúde do governo Sérgio Cabral, e os empresários Miguel Iskin e Gustavo Estellita. A operação investigava fraudes em licitações para o fornecimento de próteses para o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into). Os desvios chegaram a R$ 300 milhões entre 2016 e 2017 (G1).

Fonte: G1
Mesmo com problemas, Huawei vai chegar perto da Samsung na vendas de celulares

Mesmo com problemas, Huawei vai chegar perto da Samsung na vendas de celulares

Companhia chinesa permanece em segundo lugar no mercado de smartphones


Vice-presidente da Oppo diz que a empresa desenvolverá seus próprios chips

Vice-presidente da Oppo diz que a empresa desenvolverá seus próprios chips

Empresa registrou a marca “OPPO M1” em novembro deste ano.


Xiaomi vende mais Smart TVs que LG, Sony e Samsung na Índia

Xiaomi vende mais Smart TVs que LG, Sony e Samsung na Índia

Empresa tem 33% do mercado e segue fazendo investimentos


General Motors e LG firmam acordo para fabricação de baterias para carros elétricos

General Motors e LG firmam acordo para fabricação de baterias para carros elétricos

Juntas, as empresas farão investimento de até US$ 2,3 bilhões


Máquina feita de Lego usa Inteligência Artificial para organizar outras peças

Máquina feita de Lego usa Inteligência Artificial para organizar outras peças

Batizada como Universal Lego Sorting Machine, a máquina foi construída com 10.000 peças de Lego