Vivo mostra tecnologia de rastreamento 3D mais simples e mais precisa que do iPhone X

Vivo mostra tecnologia de rastreamento 3D mais simples e mais precisa que do iPhone X

Tecnologia se chama Time of Flight (TOF) e tem mais aplicações do que reconhecimento facial

A fabricante de celulares chinesa Vivo mostrou na edição da MWC em sua terra natal uma nova tecnologia para rastreamento 3D chamada Time of Flight (TOF). A empresa pretende usar a novidade não só para reconhecimento facial em seus futuros smartphones, mas também para outras aplicações que envolvam o escaneamento de objetos reais usando câmeras.

Time of Flight pode ser traduzido como "tempo de voo", que é mais ou menos como a tecnologia funciona, calculando o tempo que leva da emissão da luz por um sensor até determinado ponto e depois de volta até ele, mapeando o que está sendo "visto" pela câmera. Segundo a vivo, a tecnologia já atende aos padrões da indústria, o que significa que ela deve aparecer em produtos finais em breve, podendo ser usada para escanear rostos e objetos, além de poder ser usada para fotografias em 3D, detecção de gestos e realidade ampliada (AR).

A Vivo destacou também que sua tecnologia é mais precisa que a do iPhone X em seu Face ID, porque a TOF usa um total de 300.000 pontos para o reconhecimento de algo com seu sensor, um número 10 vezes maior do que o de pontos do sensor da Apple.

Fonte: GSMArena
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.